Vem aí um botão de “dislike” no Facebook?

Vem aí um botão de “dislike” no Facebook? 1

O Facebook está a pesquisar promover uma interação mais significativa entre os seus utilizadores. Para tal, está a testar a a sua própria versão dum botão de “dislike” ou, ao menos, o mais próximo disso que iremos ver na rede social.

O “dislike” é uma das ferramentas mais pedidas pelos utilizadores do Facebook. Porém, o pedido jamais foi acedido. A administração da rede social considera que a adição desta ferramenta vai contra a a sua política, que procura não encorajar ou facilitar negatividade entre os membros registados na rede.

Numa entrevista em 2015, Mark Zuckerberg , CEO do Facebook, falou sobre a questão do não gosto. “Alguns indivíduos pediram um botão de dislike para poderem dizer que algo não é bom, mas não o vamos fazer. Não acho que seja bom para a comunidade,” referiu.

“Não queremos simplesmente criar um botão de ‘não gosto’ porque não queremos tornar o Facebook num fórum onde as pessoas votam para o bem e para o mal nas publicações dos outros“, acrescentou.

 

Não, não é um dislike. Logo o que é?

Numa tentativa de promover a harmonia entre os seus utilizadores, bem como um maior policiamento de comentários inapropriados, está a ser testada a função de “Downvote” .

Esta ferramenta quer que a comunidade faça uma espécie de “voto negativo”, que servirá maioritariamente para alertar o Facebook que determinado comentário ou publicação pode ser inapropriado , permitindo à rede social uma melhor gestão do conteúdo que é mostrado aos seus utilizadores.

A introdução desta ferramenta complementa as recentes alterações que a rede social fez ao algoritmo do o seu Feed de Informações, que possibilita valorizar o tempo que os utilizadores gastam na rede social. Como tal, as alterações pretendem priorizar publicações de amigos, potenciar posts com conteúdo de interesse público (como é o caso das páginas de órgãos noticiosos) e, ainda, regular os anúncios e publicações virais que surgem na Página Inicial.

Ao TechCrunch, um representante do Facebook esclareceu: “Não estamos a testar um botão de dislike. Estamos a explorar uma ferramenta que possibilita às pessoas dar-nos o o seu parecer sobre comentários em páginas e publicações públicas”.

 

Como funciona?

O “Downvote” é o mais próximo do dislike que o Facebook apresentará nas suas opções de reação a publicações.

A nova ferramenta assemelha-se ao “downvote” do Reddit, que possibilita aos utilizadores expressar desagrado por determinado comentário ou publicação. O mesmo irá acontecer neste momento no Facebook. Este é o aspeto da ferramenta quando surge numa lista de comentários a uma publicação:

Vem aí um botão de “dislike” no Facebook? 3

Ao premir a nova função, o conteúdo que foi downvoted é escondido , a aparecer posteriormente uma série de opções de denúncia como “Ofensivo”, “Enganoso” ou “Fora de Contexto”.

Assim, o Facebook irá conseguir entender mais simplesmente que ameaça é que o comentário ou publicação que foi marcado poderá conter, avaliando se este é ofensivo, irrelevante ou, até, uma forma de “fake news” .

Porém, não será possível ver quantos Downvotes um conteúdo recebeu. Assim, a ferramenta foi desenhada simplesmente para dar feedback ao Facebook sobre o que a publicação contém, e não ao criador da mesma.

Vem aí um botão de “dislike” no Facebook? 5

 

A polémica da “censura”

A ferramenta está neste momento a ser simplesmente testada por uma limitada amostra de utilizadores Android (simplesmente 5% a podem testar) nos Estados Unidos, que tenham o website em língua inglesa. O “Downvote” surge, para já, em publicações de páginas públicas e em posts promovidos. Em consonância com o Facebook, este é simplesmente um breve teste que não afeta os rankings de cada página a nível de comentários e publicações.

Porém, os utilizadores estão apreensivos. Com a chegada da notícia da introdução desta ferramenta, bem como das suas características, a comunidade que usa a rede social começa a levantar questões sobre censura e o papel do Facebook como empresa de media, uma vez que não é explícita a forma como a rede social irá lidar com os comentários problemáticos nem o critério que irá aplicar na consideração dum conteúdo como impróprio.

Ainda não existem dados sobre a expansão dos testes da nova ferramenta nem se irá ver a luz do dia aos restantes utilizadores do Facebook ao redor de mundo.

Fonte: ZAP

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos

RECEBER GRÁTIS:

DEIXAR COMENTÁRIO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.
Whatsapp Viber Telegram Ligar Agora Skype Enviar SMS

Bem Vindo!

Ao clicar em ENTRAR, declara que leu e que aceita a nossa Política de Privacidade.

ajudar-informatico-pt

Mantenha-se Informado!

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo, brindes, ofertas e promoções…

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin

Formulário Agendamento

assistencia ao domicilio

Formulário Contato

formulario de contato

Registar

Ao clicar em REGISTAR, declara que leu e que aceita a nossa Política de Privacidade.