Blog divulga matriculas de clientes de prostitutas

Blog está a denunciar homens que frequentam prostitutas em Viseu e pode consultar-se as matrículas, marcas e cores das viaturas dos homens que procuram prostitutas .

blog mulheres de viseu

O blogue intitulado “esposas de viseu” está a divulgar as matrículas e marcas de viaturas de pessoas que recorrem ao serviço de prostitutas na Quinta do Grilo, em Viseu. A página está online desde 9 de Abril e são já mais de 240 as matrículas expostas. Segundo os autores, anónimos, o site existe para que se “saiba quem são os homens porcos de Viseu que enganam as conterrâneas”.

Os bairros Quinta do Grilo e do Galo são conhecidos em Viseu pelos muitos apartamentos onde trabalham prostitutas. Mas em defesa das ‘esposas’ daquela região, surgiu um site que lista as matrículas e modelos dos carros dos homens que recorrem a estes serviços sexuais.

O caso da prostituição na Quinta do Grilo ganhou maior expressão no início deste ano com a divulgação da revolta dos moradores. O local até ficou conhecido como o “bairro vermelho” de Viseu por as prostitutas se exibirem nas janelas dos andares onde moram e recebem os clientes.

tumblr_llez1mvMM11qdh3zco1_500

O site tem uma mensagem curta e directa: «Saiba quem são os homens porcos de Viseu que enganam as nossas conterrâneas!».

Depois de abaixos-assinados e queixas na PSP por causa do “mau ambiente”, chegou agora a vez do “combate” às prostitutas através das redes sociais. Uma “arma” que nem todos concordam ser a mais “eficaz”. “Não me chateia haver uma lista que divulgue esses dados, embora seja de ressalvar que a origem da mesma não é de fonte fidedigna”, disse Nuno Silva. Na sua opinião, é preciso haver algum cuidado, pois “poderá servir de vingança pessoal e a exposição prejudicar alguém que nem sabe do que se trata”.

E após uma breve explicação, surge a lista de matrículas e modelos automóveis dos clientes destas prostitutas . «Para que as nossas conterrâneas não continuem a ser enganadas por homens porcos que as enganam e tiram da mesa para andarem nas prostitutas da Quinta do Grilo e do Galo, em Viseu. Saiba aqui quem eles são».

[youtube id=”Jack8IV5E0k” width=”600″ height=”350″]

Isabel Machado vive há três anos na Quinta do Grilo e admitiu que chega a ser “embaraçoso” sair do carro para entrar no prédio onde habita. “Já me aconteceu algumas vezes as pessoas que estão dentro de carros olharem para mim. É vergonhoso, mas ultimamente o bairro está mais calmo”, sublinhou. A moradora compreende a revolta quer de quem mora no bairro, quer das alegadas “esposas”, mas é da opinião que a divulgação das matrículas chega a ser “ridícula”. “Faz-me lembrar a história das mães de Bragança”, recordou.

92808

Já em Janeiro, o Correio da Manhã noticiava que nestes apartamentos, numa zona já conhecida como ‘bairro vermelho’, se vendia serviços sexuais que chegavam a custar apenas 15 euros. O padre Manuel Morujão, porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa, dizia ao CM que estes bairro colocavam em causa a «a unidade e estabilidade das famílias».

“Parece-me abusiva esta iniciativa de pessoas que partem de uma atitude de preconceito”, começou por afirmar Carlos Vieira, da Olho Vivo, uma associação que tem prestado apoio a muitas prostitutas e cidadãs ilegais de Viseu. “Não me parece que esta seja a forma ideal para resolver os problemas. Há uma série de dispositivos legais aos quais os moradores podem recorrer e não é com esta exposição pública que eles vão acabar”. Para Carlos Vieira, um exemplo a seguir vem da Suécia, país que optou por “penalizar os clientes das prostitutas ”.
quinta-do-grilo
A divulgação das matrículas numa página online levanta questões legais sobre a privacidade. A PSP de Viseu explicou que neste caso não se pode falar em “crime público” e que só poderá actuar se houver denúncia. “Nessa altura, investigamos e remetemos para o Ministério Público que depois se pronunciará”, disse o comandante Victor Rodrigues e confirmou que até esta sexta-feira nenhuma queixa tinha sido apresentada.

A polícia reforçou a sua presença no bairro depois das notícias que deram conta das queixas dos moradores, mas só pode actuar em situações de atentado ao pudor ou quando se vislumbram casos de lenocínio.

 Blog cliente de prostitutas : Esposasdeviseu

O que pensa desta ideia de usar a tecnologia para tentar resolver um problema relacionado com o comportamento das prestitutas que aparentemente não consegue ser resolvido pelas autoridades.

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.