Simulador de corrupção online grátis

Simulador de corrupção que avalia os riscos para empresas públicas e privadas foi lançado esta segunda-feira e é grátis.

As empresas e os serviços da administração pública têm, a partir de agora, um simulador online gratuito para perceberem se estão expostos à corrupção e o que devem fazer para evitar o surgimento de casos.

Um dos responsáveis pelo projeto, Gualter Crisóstomo, explica como funciona o simulador Gualter Crisóstomo sublinha que as relações comerciais com o Estado e países mais corruptos aumentam o risco de corrupção nas empresas.

O Guia Prático de Gestão de Riscos de Corrupção é promovido por várias grandes empresas presentes em bolsa.

O site tem um simulador que permite às empresas e serviços do Estado perceberem se estão muito ou pouco expostos à corrupção, nomeadamente quando exportam, e o que devem fazer para evitá-la.

A metodologia foi validada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e pelo Concelho de Prevenção da Corrupção.
Este simulador de riscos de corrupção para o Estado e para as empresas é apresentado esta segunda-feira, com a presença da directora do DCIAP e da Procuradora-geral da República.

As empresas e outras organizações vão poder saber a partir de agora se estão muito ou pouco expostas à corrupção. Para isso basta entrar no simulador que se encontra no site Gestão Transparente.
O projeto GestãoTransparente.Org – Guia Prático de Gestão de Riscos de Corrupção nas Organizações baseia-se no princípio de que as empresas e organizações transparentes são mais atrativas para o investimento. Esta iniciativa é apresentada esta manhã no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

As empresas e os serviços da administração pública têm, a partir de agora, um instrumento na Internet que lhes permite perceberem se estão expostos à corrupção e o que devem fazer para a evitar.

Presente no lançamento, a Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, avisou que o combate a este crime não se faz apenas nos tribunais.

É apresentado, esta segunda-feira, em Lisboa, um simulador contra a corrupção. O projecto visa identificar riscos e propor às empresas instrumentos de protecção.

Este instrumento, apresentado no Centro Cultural de Belém (CCB), vai estar disponível através da internet.

O simulador é gratuito e vai estar acessível a todas as empresas, públicas e privadas.

O objectivo é fomentar a transparência nos negócios e para isso bastam dois minutos, o tempo que leva a preencher o questionário, como garante à Renascença Gualter crisóstomo, director da Inteli, uma das empresas que participou na elaboração do simulador.

Concluído o questionário o simulador apresenta conselhos aos empresários para combaterem situações de risco que sejam identificadas: “Por exemplo, ter um código de ética e de conduta, ter uma política de pagamento e recrutamentos, ensinamos também como escolher o seu parceiro ou intermediário , mas também tem instrumentos relacionados com a monotorização de todo o processo, ou seja, como e quais auditorias fazer”.

Os dados são depois tratados e anunciados regularmente, como uma radiografia do tecido empresarial português, sem identificar as empresas participantes.

A iniciativa é da Gestão Transparente.Org, com o apoio do Conselho de Prevenção da Corrupção, o Departamento Central de Investigação e Acção Penal e a Universidade do Minho.

 

Simulador corrupção online gratis

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.