Sai um novo equipamento e o seu fica mais lento. Será conspiração?

Quando um novo modelo de telemóvel surge no mercado o o seu diminui de desempenho e torna-se muito mais lento? Será isto uma conspiração? Encontre a resposta a seguir.

Acontece todos os anos, a Apple lança novos iPhones e passado pouco tempo milhares de pessoas reclamam que os seus iPhones mais antigos estão a desacelerar e a ficar muito mais lentos.

telemovel lento

De facto, se olhar-mos aos dados mais recentes, entre o passado mês de setembro e o início de novembro, quando a Apple disponibilizou o iPhone 8 , seguido pelo iPhone X, as investigações no Google pelas palavras-chave “ iPhone slow ” aumentaram cerca de 50%.

Este fenómeno da percepção de desaceleração dos equipamentos é tão grande que muitos suspeitam que as organizações de tecnologia involuntariamente prejudicam os smartphones e os PCs para garantirem que as pessoas compram obrigatoriamente os novos modelos todos os anos. Os defensores da teoria da conspiração chamam a isso de obsolescência planeada.

Mais isso não passa dum mito. De facto as desacelerações acontecem por uma razão bem menos nefasta. Essa razão é a simples atualização dos sistemas operativos e dos programas informáticos.

“Não há nenhum motivo para as organizações que criam sistemas operativos tornarem intencionalmente os equipamentos obsoletos”, afirmou Greg Raiz, ex-gestor de programas da Microsoft que trabalhou no Windows XP. “Qualquer sistema operativo ou programa informático tem várias lacunas no desenvolvimento e coisas não intencionais que acontecem e que à medida que o tempo passa têm de ser corrigidas.”

 

O que realmente acontece

quando os gigantes da tecnologia como a Apple, a Microsoft e o Google lançam novos produtos de hardware, normalmente lançam updates aos seus sistemas operativos. Por exemplo, alguns dias antes do lançamento do iPhone 8 em setembro, a Apple lançou o iOS 11 como uma atualização gratuita aos iPhones, incluindo o iPhone 5S com cerca de quatro anos.

O processo técnico de atualização dum sistema operativo antigo para um novo, migrando os seus ficheiros, aplicações e parametrizações durante o processo é seriamente complicado. Portanto, quando instala um novo sistema operativo num equipamento mais antigo, podem ocorrer problemas que fazem com que tudo, desde a abertura da câmara até a navegação na Web, pareça lento.

“É como alterar a tubagem da casa sem alterar mais nada”, afirmou Scott Berkun , um autor e ex-gestor da Microsoft que supervisionou engenheiros que trabalhavam com sistemas operativos Windows e browsers da web.

A boa notícia é que, como as organizações de tecnologia não estão intencionalmente a castrar os seus dispositivos, existem soluções para quando pensa que o o seu iPhone de três anos ou o o seu computador com sete anos de idade ainda com o Windows XP tornou-se lento. Aqui fica um guia para acelerar os seus gadgets problemáticos, com base em alguma entrevistas a técnicos qualificados de tecnologia da informação e especialistas em sistemas operativos.

 

Comece tudo de novo

As organizações de tecnologia simplificam as actualizações para um novo sistema operativo atravez dum simples botão “atualizar” que migra completamente todos os seus dados e aplicações. Embora isso seja conveniente, não é a melhor forma de garantir que as coisas continuem a funcionar sem problemas.

O recomendado é fazer uma cópia de todos os seus dados e remover tudo do equipamento antes de instalar o novo sistema operativo. Essa “instalação limpa” funciona de forma mais confiável porque os engenheiros que desenvolvem sistemas operativos testaram-nos nessas condições.

Digamos, por exemplo, que tem um iPhone 6 com 100 aplicações instalados, quatro contas de e-mail e 2.000 fotografias. É mais provável que um engenheiro de qualidade tenha testado a instalação dum novo sistema operativo num iPhone 6 completamente “limpo”, em vez dum iPhone 6 com a mesma configuração que o o o seu.

Portanto, se quiser minimizar as hipóteses de algo correr mal, resista ao processo de atualização mais fácil e opte por uma instalação limpa. Para smartphones, recomendo fazer cópia dos seus dados para o o seu computador ou logo para a Cloud. Nos PCs pode fazer uma cópia dos seus dados para um serviço online Cloud ou para uma unidade portátil como um disco externo. Depois que a instalação do sistema operativo for concluída, poderá restaurar com proteção todos os seus dados e aplicações para o equipamento a partir do cópia.

 

Remova o entulho

Acredito que por vezes faz uma pequena manutenção para acelerar o o seu equipamento. Mas a longo prazo, um sistema operativo acumula ficheiros de sistema, parametrizações, logs e outros dados. Nós, especialistas em TI chamam isso de “lixo ou entulho” e é certo que isso pode atrapalhar o o seu equipamento.

Aos PCs existem algumas aplicações para limpar o o seu sistema. Os utilizadores de Mac podem descarregar um aplicativo gratuito denominado Onyx , e os utilizadores do Windows podem executar um utilitário de limpeza incluído no próprio sistema. Para iPhones e dispositivos Android, pode abrir as parametrizações e repor as definições de fábrica. Certifique-se sempre de fazer antes uma cópia de todos os seus dados, não vá alguma coisa correr mal.

 

Fique alerta ao espaço livre

Aqui está algo que muitas pessoas não percebem. Só porque o o o seu iPhone ou Samsung tem 64 gigabytes de armazenamento não quer dizer que deva enchê-lo até não caber mais nada. O equipamento normalmente será executado com mais rapidez se a maioria do o seu armazenamento estiver disponível.

Isso acontece não só porque o o seu equipamento precisa de espaço para mover dados e fazer o download de updates de programas e aplicações  informáticas. Mas também porque é assim que a tecnologia de armazenamento funciona dentro de smartphones e dos PCs mais modernos.

Smartphones e portáteis mais recentes tenham um tipo de armazenamento flash, que armazena dados nas células de chips semicondutores. Quando os dados são armazenados numa unidade flash, eles estão espalhados pela unidade. Logo, quando está a pedir dados para abrir uma aplicação ou um documento, está simplemente a recuperar os ficheiros de várias partes da unidade. Se houver muito espaço ocupado, os dados ficarão lotados e o equipamento poderá ficar mais lento.

“Se abarrotar completamente um equipamento ele apenas não funcionará”, afirmou Brian Denslow, técnico da TechCollective, uma empresa de consultoria de tecnologia da informação em São Francisco. Denslow afirmou que uma boa regra é comprar mais armazenamento do que acha que vai utilizar. Se acha que vai utilizar 64 gigabytes num iPad, por exemplo, compre o modelo de 256 gigabytes.

Também recomendamos disponibilizar espaço gerindo a a sua biblioteca de fotografias na nuvem. Pode fazer o upload de todos os seus álbuns para um serviço como o Google Fotografias e remover periodicamente todas as imagens do próprio equipamento. Fazemos isso em equipamentos como o iPhone 7, que estão quase cheios e parecem estar a abrandar. Movemos as fotografias para a Cloud e disponibilizamos por exemplo mais 50 gigabytes de dados e o iPhone parece ficar tão ligeiro quando era novo.

 

Invista na infraestrutura de rede

O o seu equipamento pode parecer estar mais lento mas por motivos que não estão relacionados com o equipamento. O técnico Denslow afirmou que muitas aplicações dependem da ligação com a Internet, portanto um router Wi-Fi de má qualidade pode ser o verdadeiro responsável pela lentidão.

Para obter um bom desempenho, invista num moderno sistema Wi-Fi. Recomendo produtos como o Google WiFi e o Eero, que são os chamados sistemas de rede em malha que ajudam a configurar várias estações Wi-Fi para obter um sinal forte em toda a casa. É certo que são dispendiosos, mas o update da a sua infraestrutura de rede fará mais pelo desempenho do o seu equipamento do que comprar um novo.

“Em vez de gastar 1.000€ num telefone todos os anos, gaste simplesmente 500€ uma unica vez na a sua rede”, afirmou Denslow.” Pode não ser uma solução sexy, mas dará-lhe ais benefícios por um longo período de tempo.

 

Considere o update

De facto, há muitas razões para que considere o o seu equipamento mais lento. Novos sistemas operativos carregam recursos mais poderosos que foram projetados para funcionar melhor em novos dispositivos. Além disso, os programadores de aplicações normalmente dão prioridade à criação de programas informático e aplicações para equipamentos mais novos e, às vezes, até mesmo interrompem o suporte a dispositivos mais antigos. Se houver tarefas importantes que o o seu equipamento mais antigo não pode executar eficientemente, considere uma atualização.

O ex-gestor de programas da Microsoft, afirmou que ultimamente encontrou problemas depois de atualizar o o seu iPhone 6S para o iOS 11. Algumas funções, como a capacidade de pesquisar uma aplicação não funcionavam mais. Recuperar as parametrizações de fábrica do equipamento decidiu o problema, mas ele afirmou que certamente compraria um novo iPhone para poder acompanhar as últimas tecnologias.

Quer mais conselhos e ajudas sobre a tecnologia?

Subscreva a Newsletter do Informatico.pt a seguir…

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.