Redes Sociais baixam autoestima

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Sallford (Reino Unido) e que contou com 298 respostas, pode-se concluir que as redes sociais baixam a Auto-estima .

Quem participou neste estudo indicou que era utilizador das redes sociais como o Facebook e o Twitter.

Metade dos envolvido no estudo confessou que sentia uma baixa Auto-estima quando se comparava aos seus contactos.

Dois em cada três confessou ter dificuldades em conseguir dormir e descansar depois de utilizar as redes sociais.

Um quarto dos utilizadores têm dificuldades com os seus relacionamentos pessoais ou profissionais depois de terem conflitos online.

Utilizadores assustados quando não conseguem aceder ao Facebook.

O que se concluiu neste estudo foi que, a utilização das redes sociais consegue modificar o comportamento das pessoas nas suas vidas reais não para melhor mas sim para pior.

O estudo reflete o vício da Internet dado que, para os inquiridos, a única solução para resolver este vício ou controlá-lo é desligar os dispositivos móveis ou computadores. Isto porque grande parte dos utilizadores confessaram que  não conseguem ignorar os seus equipamentos tecnológicos.

Parece que o objetivo da existência das redes sociais está a ser deturpado e deixou de ser o seguinte:

  • aproximar as pessoas que estão longe de nós
  • manter contacto com pessoas que já não vemos há alguns anos
  • conhecer novas pessoas, culturas e línguas
  • partilhar esses contactos com o mundo inteiro.

O desconforto emocional não deveria fazer parte dessa experiência e ser responsável pela baixa Auto-estima .

autoestima

 

O que é a Auto-estima ?

Auto-estima é a capacidade de sentirmos a vida, estando de bem com ela. É sobretudo a confiança em nosso modo de pensar e enfrentar os problemas e o direito de ser feliz.

De facto, precisamos ter a sensação de que somos merecedores de nossas necessidades, desejos e desfrutar os resultados de nossos esforços.

É preciso ter auto conhecimento e auto confiança.

Se um indivíduo se sente inseguro para enfrentar os problemas da vida, se não tem auto-confiança e confiança em suas próprias ideias, então terá certamente uma Auto-estima baixa.

Ou, então, se falta ao indivíduo respeito por si mesmo, se ele se desvaloriza e não se sente merecedor de amor e respeito por parte dos outros. Ou se acha que não tem direito à felicidade, se tem medo de expor as suas ideias, vontades e necessidades.

Nesse caso também existe uma auto-estima baixa, não importa quantos outros atributos positivos possa ter.

Muitas vezes a Auto-estima é confundida com egoísmo. Egoísta é aquela pessoa que quer o melhor, e quase sempre no sentido material, somente para si, não importando os outros.

Quem possui uma Auto-estima elevada normalmente tem amor e estima pelo outros. Ou seja, quer o melhor para si, e para os outros também.

A Auto-estima fortalece, dá energia e motivação.

Quanto maior a nossa Auto-estima, mais queremos crescer, não necessariamente no sentido profissional ou financeiro, mas dentro daquilo que esperamos durante nossa vida…

Ou seja, crescer-mos em termos emocionais, criativo e espiritual.

Quanto mais baixa é a nossa Auto-estima, menos queremos fazer e o mais provável é que menos consigamos realizar.

A pessoa com uma Auto-estima saudável não se envergonha de dizer, “Eu estava errado”.

É mais provável encontrarmos simpatia e compaixão, em pessoas com Auto-estima elevada do que nas de baixa Auto-estima.

Ou seja, o nosso relacionamento com os outros tende a espelhar e a reflectir o nosso relacionamento connosco mesmos.

Algumas práticas para aumentar a Auto-estima :

  1. A prática de viver conscientemente. Participar intensamente daquilo que fazemos enquanto o fazemos, buscar e estar totalmente aberto a qualquer informação, conhecimento que afirme nossos interesses, valores, metas e planos.
  2. A prática da auto-aceitação. Conseguir ouvir críticas ou ideias diferentes sem nos tornarmos hostis ou competitivos.
  3. A prática do senso de responsabilidade. Cada um de nós é responsável pela própria vida, pelo próprio bem-estar. Se precisarmos da cooperação de outras pessoas para atingir nossos objetivos, devemos oferecer algo em troca. A pergunta não deve ser nunca “De quem é a culpa?”, mas sempre “O que é preciso fazer?”
  4. A prática da auto-afirmação. Respeitar os próprios valores e as outras pessoas.
  5. A prática de viver objetivamente. Estabelecer nossos objetivos ou planos de curto e longo prazo.
  6. A prática da integridade pessoal. É dizer a verdade, honrar nossos compromissos e servir de exemplo dos valores que declaramos admirar. Ou seja tratar os outros de maneira justa.
  7. Harmonize o seu lar. Abra portas e janelas e comece uma limpeza. Faça isso em todas as dependências da casa ou escritório. Lembre-se só deve manter mesmo o que é realmente necessário!
  8. Coma bem. Respeite os momentos das refeições. Evite falar sobre problemas. Acalme-se.
  9. Preste atenção em si mesmo. Perceba os seus pensamentos negativos e positivos. Você não é os seus pensamentos, mas eles têm uma enorme força sobre a sua vida. Se tem mais pensamentos negativos, isto demonstra que é uma pessoa negativa. pode mudar a sua vida, mudando a qualidade de seus pensamentos. Cultivando os positivos e os elevados. Quando o pensamento negativo lhe assaltar a mente, repita sete vezes: “este pensamento não tem força sobre mim”. Com o tempo perceberá que no jardim existem rosas e espinhos e onde consegue encontrar a verdadeira felicidade
  10. Tenha objetivos materiais e espirituais. O verdadeiro Bem-Estar só é alcançado por meio dos objetivos espirituais. Procure tornar-se numa pessoa mais paciente, bondosa, serena, confiável e amiga, além de humilde, aberta, sincera e simples e, principalmente, uma pessoa que tenha fé e confiança na vida.
  11. Faça exercícios. Escolha um exercício que lhe agrade, caminhar, dançar e nadar são os mais recomendados. O mais difícil é tomar a decisão de começar.
  12. Utilize os seus talentos. Todos tem dons e talentos. Descubra quais são eles e comece a coloca-los em prática.
  13. Medite, medite e medite. Além de terapêutica é a melhor ferramenta para o crescimento pessoal e espiritual. Cada um deve praticar da maneira que se sentir melhor. Procure um livro, um curso ou um mestre, pois vai encontrar a pessoa mais importante do mundo: mesmo!
  14. Aceite a vida. Pare já de reclamar. Volte a sua mente para o que a vida oferece de bom. Ajude ao próximo, seja uma pessoa sincera, alegre e procure trabalhar com amor. Aceite a sua casa e os seus bens. Aceite as pessoas como elas são e, principalmente, se aceite como é, o seu corpo, a sua personalidade. Mas aceitar não significa se acomodar com os problemas e dificuldades da vida. Devemos procurar a força para mudar o que podemos mudar, e a aceitação para o que não se pode alterar.
  15. Visite a natureza. Pelo menos uma vez por mês, faça uma visita à mãe natureza. Pisar descalço na terra descarrega as energias negativas. E não se esqueça, é parte da natureza e deve estar em harmonia com ela se quiser manter ou recuperar a qualidade de sua vida.
  16. Converse com Deus. Deus está ao seu redor e, principalmente, dentro do seu coração. A melhor forma? Fica ao seu critério, o importante é desejar que isso aconteça.

 

E a sua Auto-estima com anda ?

Será da utilização das redes sociais?

post_title
post_excerpt
Editor's Rating:
5
António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos

RECEBER GRÁTIS:

DEIXAR COMENTÁRIO:

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.
cookies

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.

Estamos a recrutar

Acreditas que podes fazer a diferença na equipa de profissionais do Informatico.pt?
Então escolhe o cargo que pretendes ocupar envia-nos o teu curriculum vitae atualizado em formato PDF.
Acompanhado do teu portefólio e/ou carta de motivação para o email [email protected].
Lembra-te de especificar, no assunto do email, o cargo para o qual te candidatas.
Ou então preenche apenas o formulário a seguir…
recrutar

Formulário DE CANDIDATURA

Formulário Agendamento

assistencia ao domicilio

Formulário Contato

formulario de contato