PRISM – o Big Brother dos Estados Unidos

A má vigilância tipo Big-Brother existe um pouco por todo o mundo.  O que está a acontecer nos Estados Unidos com o sistema PRISM é mais uma prova disso. Enquanto alguns rejeitam este tipo de histórias e consideram-nas como “teorias da conspiração paranóicas”, as revelações recentes sobre o projeto da NSA (Agência Nacional de Segurança Americana) PRISM provam que não havia teorias envolvidas – apenas simples fatos.

big-brother-prism

PRISM é um programa ultra-secreto que permite que a NSA possa aceder directamente os servidores de vários serviços on-line e obter todos os tipos de informações sobre os seus utilizadores. Desde que a história veio à tona, alguns serviços como o Facebook negaram qualquer envolvimento com esse programa, afirmando que a NSA não tem acesso aos seus servidores.

O The Guardian publicou no entanto uns slides de PowerPoint altamente secretos, usados por agentes da NSA, que afirmam claramente que:

1 – A NSA pode aceder directamente a esses servidores;

2 – A maioria dos principais provedores estão directamente envolvidos no programa.

Aqui estão os slides.

new-prism-slide-001

Este slide afirma claramente “Recolhe directamente dos servidores desses prestadores de serviços dos Estados Unidos: Microsoft, Yahoo, Google, Facebook, PalTalk, AOL, Skype, Youtube, Apple.

PRISM-slide-crop-001

Aqui vemos que nenhuma pedra é deixada de lado por espiões da NSA: e-mails, vídeos e chats de voz, transferência de ficheiros e redes sociais são todas alvos do sistema PRISM .
Sim, até mesmo as chamadas do Skype podem ser espionadas pelos agentes secretos.

Prism-001

Aqui vemos a hora exacta em que cada fornecedor se juntou ao PRISM .

O primeiro a participar foi? A Microsoft.

Isso não é surpreendente, agora que foi confirmado que o Xbox One vai exigir uma ligação com a internet 24 horas por dia, é bastante possível que os dados recolhidos pela consola (áudio e vídeo) sejam transferidos directamente para os servidores da NSA.

PRISM 2

Acho que o “estado totalitário” está agora totalmente eficaz. O informático que publicou a história chama-se Ed Snowden, e o Governo dos EUA está atrás dele para o poder processar severamente. Num vídeo do YouTube ele descreve que o que está a acontecer agora é pior do que o romance “1984”. No vídeo, ele diz:

“Porque mesmo que não esteja a fazer nada de errado, está a ser observado e registado. E a capacidade de armazenamento desses sistemas aumenta a cada ano de forma consistente por ordens de magnitude e está chegando ao ponto em que não tem que ter feito nada de errado, simplesmente tem que cair sob suspeita de alguém, até mesmo por causa de uma chamada errada. E então eles podem usar o sistema para voltar no tempo e analisar cada decisão que já fez. Cada amigo com quem já discutiu alguma coisa. E atacá-lo com base nisso, para derivar as suspeitas de uma vida inocente, e pintar qualquer pessoa no contexto de um malfeitor.”

Então, e para aqueles que dizem “Quem não deve não teme…”. Podemos dizer que estão complementarmente errados. Para sermos sinceros, é esse tipo de atitude que vai destruir o que resta da liberdade e da privacidade nos EUA e no mundo.

Além disso, se estiver fora dos Estados Unidos – especialmente em países como o Canadá, Reino Unido ou Austrália – não pense que está seguro.

A elite não conhece fronteiras nacionais e aquilo que está a ser revelado nos Estados Unidos, é mais provável que já esteja acontecer em muitos outros países.

tumblr_moejb3l3iW1rt6ykvo1_1280

Está na altura de deixar-mos as pessoas saberem que a privacidade, a liberdade e a democracia estão constantemente sobre risco. Não há especulação nem nenhuma teoria da conspiração.

Está a acontecer agora e, se valoriza a sua liberdade, é melhor fazer alguma coisa a respeito disso, fazendo ouvir a sua voz.

ESTADO ACTUAL DESTA POLÉMICA PRISM

Snowden fugiu da sua base no Havaí, para Hong Kong (país inimigo dos EUA). No entanto, após várias entrevistas para o The Guardian, o jovem desapareceu sem deixar rasto, facto que está a deixar todos revoltados e a temer o que lhe poderá ter acontecido.

edwarn_thumb

Snowden tem sido um dos principais temas de debate nas redes sociais, exindo mesmo várias petições online que exigem o perdão de Barack Obama para com o ex-agente.

PRISM: entenda toda a polêmica sobre como os EUA controlam você

Têm ocorrido ainda várias manifestações por todo o mundo, principalmente noa EUA, de forma a apoiar Snowden.

Um jovem desenvolveu ainda um add-on para o Mozilla (Dark Side of the Prism), de forma a que as pessoas possam ouvir música online descansadas, uma vez que envia para o PRISM uma banda sonora “confusa.”

 

O que pensam do PRISM?

Perturba-vos a ideia de ter alguém a vigiar o que fazem, ou são da opinião de que é necessário para a nossa segurança?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.