Qual o melhor chefe, o Líder ou o Gestor?

Nos últimos anos, intensificou-se a exigência por um ambiente de trabalho saudável dentro das empresas.

Encontramos diversos estudos sobre isto como “Great Place To Work”; “As 150 Melhores Empresas para se Trabalhar”e se procurarmos este assunto nos motores de busca encontraremos milhões de informações sobre a necessidade de ter um clima organizacional favorável em prol de ótimos resultados financeiros.

O grande responsável pelo equilíbrio e por um local de trabalho agradável e de alta performance é sem dúvida o líder.

Mas afinal, o que acontece realmente nas organizações?

Num estudo publicado por uma Sociedade de Coaching, 84% das pessoas que trabalham nas empresas desempenham apenas 60% de seu potencial.

Por quê? Qual é a relação com a liderança?

Segundo Abraham Maslow, todo o ser humano almeja a realização pessoal, que só ocorre quando a pessoa se está motivado e se sente parte de algo importante.

Vale a pena lembrar que a motivação é intrínseca, ou seja, ninguém consegue motivar ninguém, mas sim, estimular.

O papel do líder é oferecer desafios aos seus colaboradores de forma a estimular a sua motivação e, ao mesmo tempo, dar sentido aos desafios oferecidos.

O que gera um forte vínculo do colaborador com a organização tornando-o cada vez mais comprometido com os resultados a serem atingidos.

O verdadeiro líder dá poder ao colaborador e com isso gera um ótimo clima organizacional e resultados excepcionais.

Muitos chefes e gestores não fazem isso, logo não conseguem a alta performance.

De acordo com a base de dados da Muttare, consultoria de gestão, os dois principais estilos de liderança são:

Estilo modelador: (78,2% dos casos) consegue fazer com que os seus colaboradores façam as tarefas da mesma forma como ele faria, não aceitando formas diferentes de execução. Se não consegue convencer o colaborador a fazer as coisas à sua maneira, torna-se autoritário.

Estilo afiliativo: (66,8% dos casos) com a justificação de manter um clima agradável, evita o conflito a todo custo. Coloca “panos quentes” em situações em que demandariam um posicionamento, e como “protege” os seus colaboradores de pessoas ou situações “ruins”, a sua equipa tem uma grande dificuldade em crescer na organização.

Com estes resultados, podemos afirmar que o modelador cria clones evitando a inovação e o afiliativo cria dependentes que não pensam por si.

Os dois provocam grandes estragos dentro das organizações.

Estes estilos não agem focados na visão da empresa nem de acordo com os valores dela e sim por interesses próprios.

Colocam-se sempre em primeiro lugar.

Assim, o que acha que seria melhor para a sua empresa: gestores ou líderes?

*Roberta Yono Ebina é consultora associada da Muttare, consultoria de gestão.

“Enquanto que os  líderes se preocupam em aumentar a performance dos seus colaboradores, que tal oferecerem uma infraestrutura sólida de TI à empresa? O Windows Server 2008 R2 oferece novas funcionalidades valiosas e poderosas melhorias para o sistema operativo básico. Novas ferramentas da Web, tecnologias de virtualização, melhorias na segurança e utilitários de gestão ajudam a economizar tempo e reduzir custos na área de TI.”

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.