Qual a loja de supermercado mais barata ?

A DECO Proteste decidiu dar uma ajuda e revela que a loja de supermercados Jumbo é a que permite maior poupança nos cabazes familiares, deixando para trás o Continente e o Pingo Doce.

Diz o ditado popular que “a necessidade aguça o engenho” e não é por acaso. Em altura de crise, os portugueses redobram a atenção no que toca a despesas e o supermercado – que leva uma significativa parte do orçamento familiar – pode ser um poço de tentações se não se tiver cuidado.

Na hora de ir ao supermercado, o Jumbo foi considerado o mais barato do país, no cabaz de consumo médio de uma família portuguesa.

A Deco visitou perto de 600 loja e analisou 70 mil preços. Aconselha a comparar preços, próximo de casa, a aproveitar promoções e fidelizações. Já nas marcas brancas a diferença de preços é, afinal, pequena.

O resultado foi apurado após uma investigação que implicou a análise de 69.347 preços para três cabazes.

Um com 100 produtos de características definidas, destinado a quem privilegia marcas de fabricante; um segundo com 81 produtos a pensar em quem escolhe mais barato; e um terceiro cabaz com 58 produtos somente de marca do distribuidor.

A pesquisa envolveu 593 loja e abrangeu 97 concelhos, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira.

Contas feitas, e corrido o País de Norte a Sul, a DECO Proteste garante que o Jumbo se destaca com os preços mais baixos.

Aliás, quando analisado apenas o primeiro cabaz, são as loja desta cadeira que ganham todos os lugares do pódio, com o Jumbo da Amadora a liderar, e logo seguido do Jumbo em Vila Nova de Gaia e do Jumbo de Rio Tinto.

Este é o cabaz que representa o consumo de uma família média portuguesa, segundo a DECO Proteste.

Em termos globais, o Continente, o Pingo Doce, o Pão de Açúcar e o Continente Modelo aparecem em ‘ex-aequo’ no segundo lugar. Já o Continente Bom Dia ocupa o terceiro lugar entre os mais baratos.

O mesmo estudo volta a salientar que as marcas de produtor continuam a representar uma poupança média de 33% face às marcas dos fabricantes, em termos globais, sendo que todas as loja praticam preços semelhantes no que às marcas brancas diz respeito.

Na ponta oposta deste ‘ranking’, ou seja, entre os mais caros, estão os supermercados Selecção, Froiz e Aldi.

A partir de hoje a DECO Proteste disponibiliza também um simulador ‘online’, através do qual é possível encontrar a loja mais económica para o cabaz de cada família.

Os supermercados Jumbo têm os preços mais baixos. A conclusão é da Deco, na edição de outubro da revista Deco/Proteste. A associação de defesa do consumidor analisou 593 superfícies comerciais espalhadas por todo o país, e descobriu que esta loja tem preços mais competitivos.

No âmbito deste estudo, a Deco recolheu e analisou quase 70 mil preços para três cabazes de compras: um com cem produtos que privilegia as marcas do fabricante e representa o consumo médio de uma família portuguesa, outro com 81 produtos para quem escolhe o mais barato e um terceiro com 58 produtos apenas de marca própria.

«Para todas as compras do cabaz 1, temos apenas um vencedor (…) dos preços mais baixos: isolado na liderança, o Jumbo, na Amadora, arrasa os Mosqueteiros e o Continente que brilharam no estudo anterior», escreve.

Além do Jumbo da Amadora, também o Jumbo de Vila Nova de Gaia e o Jumbo de Rio Tinto apresentam preços mais baixos.

O segundo lugar é partilhado pelas loja Continente, Modelo Continente, Pão de Açúcar e Pingo Doce, caindo o Continente Bom Dia para a terceira posição.

No cabaz 2, para quem escolhe o mais barato, o Jumbo faz-se acompanhar do regresso do Aldi ao primeiro lugar, mantendo as lojas Continente o segundo lugar. O Lidl, Continente Bom Dia e Ecomarché colam-se ao topo.

No cabaz três, as diferenças de preços não são muitas: «As marcas próprias das loja praticam um nível de preços muito semelhantes», conclui o estudo da associação, que destaca pela negativa os preços elevados da marca da loja Supercor, que são 6% mais caros do que os do Continente, do Continente Modelo e do Pingo Doce.

O estudo da Deco conclui ainda que as compras online perderam este ano terreno face a 2011 e estão entre «as mais caras».

 

Escolher a loja permite poupar mais de 400 euros/ano

É preciso estratégia para conseguir poupar um volume considerável ao final do ano. É preciso escolher bem onde comprar.

«No confronto entre distritos, Vila Real, Santarém, Porto, Braga, Leiria, Castelo Branco e Beja são onde pode poupar mais. Se gastar uma média de 150 euros mensais e viver perto da Rua Agostinho Neto, em Lisboa, pode poupar 404 euros.

Escolha um dos supermercados mais baratos: para poupar mais, entre no Continente Bom Dia e não no Japão, da Rua Morais Soares. Em Beja, para o mesmo cenário, a morada certa vale uma poupança de 500 euros», esclarece a Deco.

Ou seja, passar do supermercado mais caro para o mais barato, ao final do ano compensa. E bastante.

Os cartões cliente são uma arma para atrair compradores fidelizados e são, de facto, também uma boa opção para quem quer poupar na conta do supermercado, garante a Deco.

Neste exame à lupa feito aos supermercados de todo o país, a Deco concluiu também que quem vive no interior pode ter uma fatura mais pesada a pagar. E

m Viseu e Bragança, por exemplo, os preços são quase 10% superiores aos praticados em Lisboa ou no Porto.

 

Qual a loja mais barata

– As loja Jumbo são as mais baratas no que se refere ao cabaz com 100 produtos, e também em relação a apenas produtos de mercearia e drogaria.

– Já o Intermarché de Valongo ganha o primeiro lugar ao nível dos produtos frescos.

– Porto, Lisboa e Vila Real são os distritos onde é possível encher o carrinho com menos dinheiro. Guarda, Bragança e Viseu são aqueles onde as compras se tornam mais caras.

– As compras na Internet estão também entre as mais caras e perderam terreno face ao ano ano passado.

 Loja mais barata: Simulador

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.