Primeiro piloto de contadores inteligentes com 4.5G já em marcha

A Huawei, que tem sido um dos principais contribuidores para a normalização da tecnologia NB-IoT (tecnologia 4.5G), desenvolveu, em parceria com a JANZ CE e a u-blox, o primeiro Smart Meter NB-IoT. A EDP Distribuição está a recorrer a esta tecnologia para um projeto-piloto no âmbito do projeto UPGRID do Programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia. A infraestrutura de rede com tecnologia NB-IoT foi instalada pela NOS, baseada na tecnologia da Huawei. Desta forma, a NOS torna-se o primeiro operador em Portugal a testar a tecnologia4.5G – IoT sobre a sua infraestrutura de rede.

Esta solução combina tecnologias emergentes na contagem inteligente de energia elétrica e nas redes de última geração para supervisão da rede elétrica. A NB-IoT é uma tecnologia de acesso sem fio Low Power Wide Area (LPWA) com vantagens associadas, incluindo uma duração de bateria de até 10 anos, um ganho de 20db sobre as redes GSM convencionais e suporte a mais de 100.000 conexões por célula.

A NB-IoT representa, assim, um passo disruptivo no caminho da Gigabit Society e evoluirá nos próximos anos para 5G (na vertente massive machine type communications), que suportará até 1.000.000 conexões por célula.

Baseado na comunicação otimizada e bi-direcional, o valor da tecnologia NB-IoT é reconhecido a nível mundial no conceito de redes inteligentes. Permite, entre outros aspetos, a deteção automática de falhas de energia, melhorando o tempo de reposição de serviço, e a medição online do consumo, suportando vários valores por hora, de diversos registos e eventos de energia. A funcionalidade de resposta on demand permite que a capacidade instalada seja gerida quase em tempo real. Esta função é particularmente útil tendo em conta a adoção progressiva de veículos elétricos e a transição crescente para fontes renováveis de energia elétrica.

A implementação desta tecnologia, em grande escala, vai assegurar um ecossistema maduro e de evolução tecnológica através do aperfeiçoamento das suas caraterísticas e da introdução de novos elementos de acordo com as necessidades da Smart Grid.

A zona do Parque da Nações foi selecionada pela EDP Distribuição para a demonstração piloto em uma centena de clientes até ao final do ano. Este cluster da cidade de Lisboa já está coberto pela tecnologia NB-IoT e foi equipado com duas estações base da NOS que asseguram a cobertura NB-IoT. A gestão inteligente de energia em casa destes clientes, que terá também um papel ativo contribuindo para uma melhor eficiência dos seus consumos, representa um caso de uso relevante para esta tecnologia.

“É com grande orgulho que a NOS se associa a este projeto inovador e que fará a diferença no consumo de eletricidade nas casas dos Portugueses num futuro próximo. Trabalharmos com parceiros de longa data, como é o caso da Huawei, e com novas empresas com visão de futuro é sempre garantia de sucesso e um reforço da posição competitiva da NOS”, realçou Manuel Ramalho Eanes, administrador da NOS.

“Acreditamos vividamente que esta tecnologia será o motor de arranque para uma adoção em massa de IoT devido às suas vantagens únicas”, indicou Chris Lu, CEO da Huawei Portugal. “A Huawei está também a contribuir para um desenvolvimento mais rápido do ecossistema E2E, implementando vários laboratórios a nível internacional focados na integração da tecnologia NB-IoT em vários dispositivos. Estamos orgulhosos por participar neste primeiro projeto de sucesso do Smart Meter de energia elétrica NB-IoT com os nossos parceiros NOS, EDP Distribuição, JANZ CE e u-blox, e renovamos o compromisso de continuar com colaborações deste género no desenvolvimento da maturidade do ecossistema NB-IoT em Portugal“, acrescentou.

João Torres, presidente do conselho de administração da EDP Distribuição, assumiu o compromisso de que “a EDP Distribuição está, como sempre esteve, disponível para participar em parcerias e partilhar conhecimentos em busca de soluções cada vez mais inovadoras que possam potenciar a criação de valor para os clientes finais em torno de novos conceitos das redes inteligentes e novos modelos de negócio”.

“Estamos muito satisfeitos por ter conseguido com a Huawei o desenvolvimento do primeiro Contador Inteligente (Smart Meters) do mundo de energia elétrica com tecnologia NB-loT e testado com a EDP Distribuição e a NOS”, indicou António Papoila, CEO da Janz CE. “A visão partilhada neste projeto é fundamental para garantir o desenvolvimento de uma estratégia única que proporciona amplo acesso, criação de valor de longo prazo e integração com as infraestruturas existentes. Este projeto cria valor para aUtilitycom novas funcionalidades, como a gestão avançada de interrupção da eletricidade através dolast-gasp. Adicionalmente, este projeto cria também uma ligação sustentável entre as Redes Inteligentes (SmartGrid)e as Cidades Inteligentes (SmartCities)”.

Andreas Thiel, co-fundador e vice-presidente executivo da divisão produtos wireless da u-blox, realçou que a empresa “tem sido pioneira a desenvolver competências técnicas e de liderança intelectual no NB-IoT”.

Fonte: ITinsight

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.