24 Horas

DISPONÍVEIS

Predadores Sexuais Online – Um perigo constante

Quem ainda não ouviu noticias sobre o perigo online nomeadamente nas redes sociais com o aparecimento dos predadores sexuais.

Nos dias de hoje, o poder e o perigo das redes sociais é tão grande que, cerca de 73% dos jovens online são membros de pelo menos uma rede social. São dados oficiais da investigação do .

Mas como em tudo na vida na Internet há coisas boas e coisas más e as redes sociais não são excepção.

 

grayscale photo of woman wearing shorts and holding chain Photo by on

 

Quais os perigos da internet e das redes sociais

De facto as redes sociais permitirem aos seus utilizadores contactar com outros indivíduos que partilhem interesses semelhantes. Também permitem partilhar informações pessoais como a idade, data de nascimento, filmes e livros favoritos, opiniões, entre outros.

Convidam muitas vezes ao envolvimento de terceiros, através da possibilidade de comentarem os diversos elementos colocados nessa página pessoal designada por perfil. Com isso dão ao utilizador o poder de criar uma rede de”amigos”.

Mas todas estas funcionalidades também podem tornar-se num verdadeiro problema!

 

topless boy photo Photo by on

Pois muitas vezes cometem-se erros e nestas redes de “amigos” são adicionados utilizadores não tão “amigos”, que se revelam posteriormente mal intencionados e perigosos.

A reportagem da BBC transmitida pela SIC Notícias que divulgamos pretende mostrar um tipo de “amigos” com más intenções, mais conhecidos por predadores sexuais online, através de testemunhos de casos reais no Reino Unido.

Uma nota, um predador sexual online não é necessariamente um pedófilo, pode ser um violador que persegue as suas vítimas através dos seus perfis nas redes sociais, ou seja é alguém que não olha a idades, nem género, nem raça no que que diz respeito a escolher a sua próxima vítima.

Por isso, todo o cuidado é pouco, sendo que muitas das vezes vivemos numa falsa ilusão de .

Veja a seguir alguns vídeos que ilustram alguma situações de perigo e as medidas necessárias para as combater.

 

3.3million American adults are dealing with or have dealt with depression in a given year. It’s not a joke and most of the time you won’t realize that someone is dealing with it among other mental illnesses. It can be debilitating to the point where there’s days you can barely get out of bed. So be kind to everyone you meet. You never know what someone is going through. Photo by on

 

Conselhos úteis para combater o das redes sociais:

As redes sociais online fazem parte da nossa vida. Usamos-las para partilhar fotografias com os nossos amigos, para conversar, partilhar interesses, etc…

Muitas vezes não paramos para pensar no perigo dos conteúdos que estamos a publicar, na Internet é tudo tão rápido.

Muitas vezes sentimos aquele impulso para colocar logo uma foto ou um comentário senão perde a actualidade!

Outras vezes adicionamos na nossa rede qualquer um que nos peça amizade, pois quantos mais amigos melhor.

De facto é o nosso maior desejo sermos muito populares, mas a que preço?

É preciso é saber ponderar as consequências e o perigo que podemos enfrentar quando nos expomos de forma tão aberta e a todo o mundo!

 

 

Portanto, lembrem-se sempre que tudo o que colocamos online fica online!

Por isso, reflicta sobre o perigo que isso pode trazer antes de colocar alguma coisa pessoal online.

 

 

Conclusões sobre os perigos online:

A utilização generalizada da Internet levou a preocupações públicas sobre os indivíduos que utiliza essa tecnologia para cometer crimes sexuais.

Nos últimos anos, foram introduzidas leis para proteger as crianças da exploração sexual online, e um número crescente de agressores sexuais online estão a ser processados pelo sistema de justiça criminal.

Os crimes sexuais mais comuns cometidos on-line estão relacionados à posse e distribuição de pornografia infantil ou à solicitação de jovens para contato sexual pessoal.

Há um debate na sociedade sobre se a Internet criou um novo tipo de agressor sexual ou se os criminosos sexuais na Internet são simplesmente agressores sexuais típicos que utilizam a tecnologia atual.

De qualquer maneira não deixam de ser criminosos que devem ser presos e condenados por esse crime horrível contra crianças e jovens que muitas vezes não se conseguem defender.

Por isso, cabe-nos a nós adultos estarmos atentos ao comportamentos dos mais novos de forma a tentarmos protege-los quer seja no mundo real quer seja no mundo virtual.

 

person face Photo by on

 

Já conheciam este perigo das redes sociais ?

Os seus filhos estão alertados para o perigo ?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

RECEBER GRÁTIS:

COMENTÁRIOS E OPINIÕES:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Conteúdo:

Formulário de Contato

Agendar

serviços informaticos ao domicilio

Mantenha-se ATUALIZADO!

Inscreva-se para receber conteúdo EXCLUSIVO:

Brindes, ofertas e promoções…

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin