Portugueses inventam tradutor de voz

Portugueses e da universidade norte americana de Carnegie Mellon terminam amanhã um sistema que traduz automaticamente fala para fala, tentando manter as características da voz da original.

O projecto chama-se ‘PT STAR’ e integra um reconhecedor de fala, um motor de tradução e um sintetizador.


Na base da tradução de fala para fala estão módulos muito complexos de conversão da fala para texto (reconhecedores), de texto numa língua para texto noutra língua (tradutores) e de texto para fala (sintetizadores), pelo que a nível científico temos abordado problemas fascinantes, afirma Luísa Coheur ao Ciência Hoje.

De acordo com a investigadora do INESC-ID, uma das principais neste projecto que iniciou em Maio de 2009, os desafios, no entanto, não se restringem a estas áreas:

Temos doutoramentos a decorrer que focam a transformação da entoação de uma língua para outra, a extracção de pares de frases a partir de textos paralelos, o processamento de disfluências em fala espontânea, a combinação de sistemas de tradução simultânea para várias línguas, etc., exemplifica.

Em termos sociais, continua, o projecto é “igualmente relevante” pois “faz-nos caminhar em direcção à eliminação das barreiras da língua”.

O funcionamento do protótipo está patente na página do grupo L2F do INESC-ID. O trabalho dos investigadores portugueses no âmbito deste projecto permitiu-lhes integrar o consórcio ‘U-STAR’ (Universal Speech Translation Advanced Research Consortium), no qual são o parceiro que lida com os portugueses.

Apesar do ‘PT-STAR’ estar agora a terminar, “muito há ainda a fazer” em qualquer das principais áreas de investigação e o trabalho desta equipa de portugueses que combina investigadores do INESC-ID e do LTI (Carnegie Mellon University), da Universidade da Beira Interior e da Fundação da Universidade de Lisboa não vai parar por aqui.

Pessoalmente, vou continuar a trabalhar com uma das minhas alunas de doutoramento na tradução de colocações e na proposta de uma taxonomia que captura os diferentes tipos de erros de tradução cometidos quer por máquinas quer por humanos. Adicionalmente gostaria de continuar a explorar tarefas de extracção de informação com vista ao enriquecimento de léxicos bilingues. Esta área, de facto, não se esgota com o final do ‘PT-STAR’. Teremos que apostar num ‘PT-STAR 2, adianta Luísa Coheur coordenadora da equipa de portugueses.

Mais uma vez os portugueses dão cartas na Inovação e no Empreendedorismo. Os investigadores portugueses estão entre os melhores do mundo.

 

 O que pensa do projecto desenvolvido pelos portugueses?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

2 thoughts on “Portugueses inventam tradutor de voz”

  1. whites are not the only racists

    Buenas, les comento mi pregunta, resulta que estoy interesado en hacer alguna especialidad o maestria en electronica, las areas de mi interes son, robotica, cibernetica, intelegencia artificial y nanotecnologia, obviamente no todas, sino alguna de ellas, sin embargo no e encontrado muchas universidades aparte del MIT y el Tecnologico de Monterrey que impartan dichos estudios, me gustaria que me indicaran los paises en donde es mejor estudiar cada una de esas ramas y si saben de alguna universidad preferiblemente que NO sea en Mexico, en donde pueda cursas esos estudios, gracias

  2. Me interesa hacer un máster en desarrollo de sistemas robóticas y deseo saber cuáles son las exigencias de ingreso.

    Gracias

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.