Pornografia caseira acaba sempre em sites adultos

A grande maioria da pornografia produzida em casa (88%) acaba por ir parar a sites de pornografia sem o consentimento dos proprietários das fotos e dos vídeos. A conclusão é de um estudo do IWF (Internet Watch Foundation), fundação britânica que combate crimes online.

Por isso recomendamos sempre que não utilize os seus equipamentos tecnológicos para guardar informação intima ou sensível que não esteja devidamente protegida (encriptada). Além disso tente manter-se sempre anónimo quando navega na Internet e nunca partilhe os seus dados com ninguém.

 

Maioria das Fotos e Videos íntimos vão parar à Internet

O estudo analisou mais de 12 mil imagens de pornografia publicadas por jovens e descobriu que a grande maioria delas foi roubada ou publicada em sites que a instituição chamou de «parasitas».

Essas páginas «parasitas», que exclusivamente publicam imagens «picantes» de jovens, supostamente obtêm os materiais de todas as formas possíveis: telefones roubados ou perdidos, roubando contas privadas no serviço Photobucket, Flickr, Facebook, sites de chat e o Tumblr, que tem um grande apelo entre os mais jovens.

 

pornografia caseira

 

O estudo ainda citou a importância de páginas como IsAnyoneUp.com que permitia a publicação de forma anónima de imagens ou vídeos com conteúdo sexual.

A página publica dezenas de milhares de fotos do Facebook. Em função de problemas com a privacidade de alguns utilizadores, a página às vezes fica offline.

 

«Precisamos que os jovens percebam que uma vez que uma imagem ou vídeo estão na Internet, eles podem permanecer na rede para sempre», disse Susie Hargreaves, directora-executiva da Internet Watch Foundation. «Depois de a imagem contendo pornografia ter sido roubada e publicada numa página parasita, não adianta remover a foto da conta.»

 

fotos videos caseiros pornograficos internet

Foto de Pixabay no Pexels

 

Qual o problema de publicarmos fotos e videos íntimos

O maior problema envolve a privacidade dos jovens, segundo o estudo, existe entre eles uma prática muito comum chamada sexting. Basicamente é o acto de enviar imagens ou texto com conteúdo sexual ou de pornografia ao seu parceiro.

Numa entrevista, durante o estudo, um jovem informou que uma imagem dele de quando era mais novo é o primeiro resultado num mecanismo de pesquisa.

Com as facilidades que as camaras dos telemóveis e smartphones nos trazem ao dia a dia, é cada vez mais comum as pessoas filmarem ou fotografarem as suas relações sexuais. O que era para ser apenas um ficheiro sigiloso, pode ir parar à Internet.

Um novo estudo revelou que aproximadamente 88% da pornografia caseira encontrada em sites é colocada na Internet sem o conhecimento dos autores das cenas.

O estudo, publicado pela Britain’s Internet Watch Foundation (IWF), foi feita a partir da análise de mais de 12 mil imagens sexualmente explícitas encontradas na internet.

Os investigadores descobriram que a maioria das fotos foi roubada e publicada sem o dono do ficheiro saber.

 

Como é que as imagens e vídeos vão parar à Internet

Normalmente os hackers conseguem o material de pornografia em telemóveis perdidos ou roubados e em contas hackeadas em sites como Photobucket, Flickr, Facebook e Tumblr.

Por isso é muito importante lembrar que é praticamente impossível remover totalmente uma imagem ou vídeo depois que o ficheiro vai parar à Internet.

 

fotos videos caseiras sites pornograficos

Foto de cottonbro no Pexels

 

Porque é que as fotografias e vídeos vão parar à Internet

O site “Is Anyone Up” continua a publicar milhares de fotografias roubadas do Facebook que mostravam adolescentes em cenas obscenas, sem o conhecimento deles.

O objectivo de muitas publicações pode ter sido uma vingança de ex-namorados, publicando imagens com pornografia .

O criador da ferramenta recebeu ordem judicial para retirar todas as fotos provenientes de contas do Facebook.

 

Que acontece quando as fotografias ou vídeos são publicadas

De facto, nem sempre a história tem um final feliz para os donos das imagens sexualmente explícitas ou de pornografia que são roubadas.

Depois que as cenas de pornografia vão parar à internet, normalmente não há muito o que se fazer.

Por isso, é importante estar sempre atento ao que se publica na internet, e aos ficheiros que estão gravados fora dela, em telemóveis ou computares.

 

Proteja sempre tudo aquilo que não quer ver publicado…

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos

RECEBER GRÁTIS:

DEIXAR COMENTÁRIO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.
notícias email

Mantenha-se Informado!

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo, brindes, ofertas e promoções…

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin

Agendar

serviços informaticos ao domicilio

Formulário Contato

formulario de contato
x Logo: Shield
Este Site é Protegido Por
Shield