Ordem dos Engenheiros admite licenciados pós-Bolonha (3 anos)

A Assembleia de Representantes da Ordem dos Engenheiros aprovou, em 9 de Julho, alterações significativas ao Regulamento de Admissão e Qualificação (RAQ), permitindo a implementação da decisão do mesmo órgão, tomada a 26 de Março, de admitir membros detentores do grau de licenciado em Engenharia (licenciatura de três anos pós-Bolonha).

Nos requisitos para admissão à Ordem dos Engenheiros (OE), mantém-se o que estipula o respectivo estatuto, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 119/92, de 30 de Junho, e que compreende a obtenção de um grau académico do ensino superior em curso de engenharia, provas de admissão à Ordem e estágio.

Av. António Augusto de Aguiar,
n.º 3D, 1069-030 Lisboasecretariageral@ordemdosengenheiros.pt

Comunicado à Imprensa
Comunicado do Conselho Directivo Nacional
da Ordem dos Engenheiros
               3/2011       11 de Julho de 2011

Ordem dos Engenheiros admite membros detentores do grau de licenciado em Engenharia (pós-Bolonha)
A Assembleia de Representantes da Ordem dos Engenheiros aprovou, em 9 de Julho, alterações significativas ao Regulamento de Admissão e Qualificação (RAQ), permitindo a implementação da decisão do mesmo órgão, tomada a 26 de Março, de admitir membros detentores do grau de licenciado em Engenharia (licenciatura de três anos pós-Bolonha).Nos requisitos para admissão à Ordem dos Engenheiros (OE), mantém-se o que estipula o respectivo estatuto, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 119/92, de 30 de Junho, e que compreende a obtenção de um grau académico do ensino superior em curso de engenharia, provas de admissão à Ordem e estágio.

Com a presente revisão do RAQ, inicia-se na OE um novo ciclo, relativo à adaptação da profissão de Engenheiro ao desafio colocado pelo Processo de Bolonha, mantendo-se a mesma determinação na promoção da qualidade da Engenharia em Portugal, através da atribuição do título profissional de Engenheiro e do reconhecimento de qualificações profissionais individuais, ajustadas ao nível de conhecimentos, aptidões e competências na admissão, garantindo condições de valorização e de reconhecimento do desenvolvimento profissional ao longo da carreira.

Com esta decisão histórica, a OE, para além de se posicionar perante os desafios do futuro, mantém como princípio orientador a afirmação das exigências de qualidade que sempre nortearam os seus objectivos, regulando desta forma a actividade dos engenheiros, com o propósito de poder continuar a garantir a confiança pública e o reconhecimento pela Sociedade e pelo Estado.

Lisboa, 11 de Julho de 2011

Carlos Matias Ramos
Bastonário da Ordem dos Engenheiros

Como me posso inscrever na Ordem dos Engenheiros? – Estatuto OE

O processo de inscrição na Ordem dos Engenheiros está descrito no Grupo Membros, Serviços, Admissão. Implica a titularidade de um curso na área de Engenharia. Neste momento a dispensa de exame aplica-se a todos os cursos listados no portal da Ordem dos Engenheiros.

No caso de Experiência Profissional superior ou igual a cinco anos poderá solicitar a avaliação curricular, parecer prévio ao Conselho de Admissão e Qualificação, adquirindo assim, perante parecer favorável, a Qualificação Profissional de Membro Efectivo.

No caso de Experiência Profissional inferior a cinco anos deverá propor-se a estágio.

Estágio

As condições para atribuição da categoria de Membro Estagiário e de acesso e admissão ao Estágio são as que se encontram estabelecidas nos artigos 1º a 4º do Regulamento de Estágios.
– Existem duas modalidades de estágio, Curricular e Formal;
– Na generalidade das situações de início do exercício profissional, deve ser adoptada a modalidade de estágio curricular;
– A modalidade de estágio formal será apenas adoptada em situações especiais, quando a actividade a desenvolver no estágio tiver as características de um trabalho específico de carácter científico, tecnológico ou técnico de reconhecida complexidade e a realizar durante um período limitado de tempo;
– A formação em deontologia profissional é obrigatória;
– Na modalidade de prática curricular, o Estágio terá a duração de vinte e quatro meses;
– Na modalidade de prática formal, o Estágio terá a duração mínima de seis meses;
– No final do Estágio, o Engenheiro Estagiário tem dois meses para apresentar o relatório das actividades desenvolvidas;
– O relatório deve ser organizado de forma clara e sistemática, procurando descrever o percurso de formação do candidato, com ênfase para os elementos da sua integração no mundo profissional e, no caso particular da prática formal, os elementos relevantes do trabalho específico realizado;
– O Engenheiro Estagiário que realiza o seu Estágio na modalidade curricular terá que enviar, semestralmente, um relatório sucinto;
– Decorridos três meses do início do estágio, o Engenheiro Estagiário que realiza o seu estágio na modalidade formal terá que enviar um relatório intercalar;
– O Orientador deve ter um mínimo de cinco anos de exercício profissional e de inscrição na Ordem dos Engenheiros, pertencer à mesma Especialidade do Engenheiro Estagiário (salvo excepções devidamente fundamentadas), e não pode ter no seu registo disciplinar qualquer pena superior à Advertência;
– Em qualquer das modalidades de estágio, a avaliação é feita pelo Conselho Regional de Colégio da especialidade;
– O resultado da avaliação do Estágio poderá ser um dos três seguintes: Não Aprovado, Aprovado ou Aprovado Com Distinção;
– A avaliação do processo de Estágio é efectuada por membros efectivos da Ordem, indicados pelo Conselho Regional do Colégio da Especialidade.

Para mais informações poderá consultar o Guia de Estágio, disponível no Grupo Instituição, Estatuto e Regulamentos, Outra Regulamentação.

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

2 thoughts on “Ordem dos Engenheiros admite licenciados pós-Bolonha (3 anos)”

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.