Office 365 VS Google Apps

O Office 365 é a resposta da Microsoft ao Google Apps para empresas, só está disponível para testes beta.

A microsoft desenvolveu assim um pacote de ferramentas para empresas nomeadamente, de email,  processamento de texto, comunicação na Web, e dezenas de outros serviços para PCs e dispositivos móveis.

Mas espere um minuto, não será antes uma resposta de Google ao domínio da Microsoft no segmento da produtividade?

Afinal, a Microsoft tem-se mantido líder em software de desktop à décadas. Em 2006 o Google lançou o GoogleDocs, um processador de texto online que ainda mal arranha a superfície dos recursos encontrados no Microsoft Word.

È tudo verdade, mas o Google ofereceu como novo recurso a possibilidade de colaboração, enquanto que a Microsoft tem-se vindo a arrastar para migrar o Office para a nuvem.

Para os utilizadores do software gratuito Google Docs, basta pressionar o botão Share para convidar alguém para um documento, e ver as edições que o outro faz, em tempo real.

As pessoas que não pretendam pagar  por uma licença do Shared Point da Microsoft podem usar gratuitamente o Google Docs.

Esse tipo de possibilidade de colaboração revoluciona a maneira de trabalhar em grupo.

 

Será que esses serviços são importantes

A nuvem não é apenas um chavão para as coisas armazenados on-line , é onde o futuro da produtividade reside. Cada vez mais trabalhadores usam dispositivos móveis.

O Office 365 e o Google Apps prometem revolucionar a maneira de trabalhar das Empresas.

A Migração das ferramentas para a nuvem tem um grande potencial de poupança.

As reuniões online reduzem a necessidade de viagens de negócios e as aplicações móveis que os trabalhadores usam através para trabalhar no mesmo documento ao mesmo tempo.

Equipando os funcionários com softwares que funcionam na internet também elimina a necessidade de instalar aplicações locais e, em seguida, a necessidade de atualizações e patches.

Reduz a necessidade de equipar os seus trabalhadores com computadores e também equipar a sua sede com uma sala de servidores e funcionários de TI.

 

Quais as suas Funcionalidades

O Office 365 combina edições online do Word, Excel, PowerPoint e OneNote, com o Exchange que permite aceder ao calendário móvel e ao email.

O pacote também prevê SharePoint para uma intranet e documentos compartilhados e Lync para Mensagens Instantâneas, reuniões online, e chamadas de áudio e vídeo.

Cobre uma taxa extra de software Microsoft Office Professional Plus, incluindo o Outlook para e-mail e calendários. Leia mais sobre as funcionalidades do Office 365 .

O Google Apps para empresas inclui Documentos, Folhas de Cálculo, Apresentações, Gmail, Calendario, Grupos (para colaboração em grupo), e Sites (para intranets).

O Google também oferece um monte de coisas que não é não se pode encontrar no Office 365, mas que também se podem conseguir sem a assinatura do Google Apps, como o Reader, o AdWords, o Picasa e Blogger.

Depois, há o Google Apps Marketplace .

Inspirado pelo gênio da mudança da Apple de convidar terceiros para criar aplicativos para o iPhone, o Google convidou o mundo a criar ferramentas para aplicativos de negócios.

Existem aplicações para folhas de pagamento, contabilidade, etc…

Entretanto, a Microsoft, no domingo (dia 17) anunciou o seu próprio Office Marketplace 365, que actualmente dispõe de 100 aplicações e 400 serviços profissionais, de entre os 16 mil parceiros da Microsoft.

Office 365 vs. Google Apps Feature Comparison

Estes pacotes são diferentes dos serviços de consumidor gratuito, mas o que incluem provavelmente é o suficiente para a maioria dos negócios.

O Microsoft Office Web Apps é o nome para as versões online do Word, Excel, PowerPoint e OneNote.

O Office 365 começa a 6 Euros por utilizador por mês, enquanto o Google Apps para empresas é um pouco menos caro em 40€ por ano, o que equivale a 4 euros mensais por utilizador.

A Microsoft não oferece nenhum incentivo para a compra do Office Professional Plus, no entanto, tornando-o muito mais acessível do que o preço do software de desktop.

 

Qual será o vencedor?

O Google acena com todos os tipos de iscas para atrair as pessoas para longe da Microsoft. O Google Apps migração para o Microsoft Exchange permite que as organizações movam o e-mail, calendários e contatos, bem como ficheiros PST, e os dados do servidor IMAP para o Google Apps.

O Google Cloud Connect plug-in para o Microsoft Office 2003 a 2010 permite-lhe colaborar com outros usuários do Google dentro do Office.

O Google Apps abriu a colaboração on-line, mas a Microsoft tem mais espaço no mercado para construir o seu legado.

Google Apps tem 3 milhões de utilizadores, dez vezes menos que as pessoas que usam o Office Web Apps.

Além disso, há milhões de pessoas que usam o Microsoft Business Productivity Online Standard Suite (BPOS), que irá ser atualizado para o Office 365.

Apesar de o Google continua a ser o rei da busca, ele não tem sequer a base de utilizadores que a Microsoft possui faz para qualquer um de seus aplicativos e 750 milhões de pessoas usam o Microsoft Office desktop.

Das 100.000 pessoas que se inscreveram para testar o beta do Office 365, 70 por cento são de pequenas empresas.

Google Docs (left) and Microsoft Word; click for full-size view.

O Google Docs oferece uma fração dos recursos da área de trabalho do Microsoft Word.Microsoft Word fornece uma linha, mas o Google não tem somente o software de desktop.

Ainda assim, o público é volúvel, e clientes das empresas querem economizar tempo, dinheiro e dores de cabeça.

A Microsoft e o Google permite integram-se um com o outro, assim os utilizadores de qualquer Serviço 365 ou do Google Apps podem mexer com as ferramentas de ambos.

Eu uso o Google Apps diariamente e a área de trabalho do Microsoft Office com a mesma freqüência.

Existem ainda muitas tarefas que as ferramentas online do Google não pode segurar, mas as ofertas do Google, deixam-se aceder e editar documentos em qualquer lugar.

Por que não usar o Office Web Apps?

A Microsoft pode “ganhar” a batalha da nuvem, w coinseguir  atrair mais utilizadores do Google, ou pode simplesmente convencer muitos clientes existentes do Microsoft Office a adotar 365.

No entanto, as suas ferramentas móveis e até mesmo a sua estrutura de preços são mais complexas do que as do Google Apps para empresas.

Se quiser começar rapidamente, com um pacote da nuvem e não precisa de recursos tão ricos comos os da Microsoft, a opção do Google é amigável.

Por fim, o pacote da Microsoft é provavelmente a melhor escolha para empresas que buscam uma forma mais formal de ulização de ferramentas da nuvem.

Mas o Google Apps parece uma escolha mais natural para as empresas que fazem a maioria de seu trabalho online.

E você o que prefere?

 

Google apps ou o Office 365 ?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

2 thoughts on “Office 365 VS Google Apps”

  1. hace un par de semanas baje microsoft office 2010 y cuando iva a instalarlo me pedia q desinstale todo lo que sea compatible microsoft y tuve q desinstalar microsoft office 2007 como hago para volve a bajarlo y recuperarlo? alguna pagina o algo ? es urgente

  2. Tenía el Microsoft de prueba pero ya se me ha agotado y al tener un portátil no tiene entrada para cd. Necesito descargar uno pero que no sea de prueba por favor. Muchas gracias.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.