Nick Clegg pede desculpa e torna-se viral no youtube

Nick Clegg, o vice-primeiro-ministro britânico e líder do Partido Liberal Democrata, gravou um vídeo (veja abaixo) a pedir desculpa pelo governo não ter cumprido a promessa, feita por seu partido durante as eleições, de não aumentar as anuidades dos cursos universitários do país.

Nick Clegg pede desculpa e torna-se viral no youtube 1

Em 2010, a coalizão que governa o Reino Unido quase triplicou o limite máximo das taxas anuais de estudo universitário no país, de 3.290 para 9.000 libras, o que levou milhares de estudantes às ruas em protesto.

“Prometemos durante a campanha de que não votaríamos a favor do aumento das taxas sob qualquer circunstância.

Foi uma promessa feita com as melhores das intenções, mas não deveríamos tê-la feito sem ter a certeza absoluta de que poderiamos cumpri-la”, disse.

Clegg afirmou que a promessa também não foi possível devido à coalização de governo, que reúne trabalhistas e conservadores, que tinham se comprometido com o aumento das anuidades.

[youtube id=”KjOa1bWYMs8″ width=”600″ height=”350″]

“Fizemos o máximo para fazer o melhor possível diante das circunstâncias”.

“Mas fizemos uma promessa e não cumprimos. E por isso peço desculpa . Devemos nos desculpa  quando fazemos algo errado”.

Clegg, no entanto, disse que a experiência serviu como um aprendizado para que ele nunca mais faça promessas que ele não tenha a certeza absoluta de que possa cumprir.

“Sei que isso não será o suficiente para todos. Mas espero que essa situação não seja uma sombra sobre todas as outras conquistas que o Partido Democrata conseguiu no governo”.

Segundo fontes do jornal “Guardian”, alguns conselheiros do vice-primeiro-ministro tentaram desencorajar a iniciativa de pedido de desculpa , dizendo que isso seria tomado como um sinal de fraqueza.

No entanto, ainda segundo o “Guardian”, Clegg decidiu que o pedido de desculpa era importante depois que visitou assembleias municipais e viu que a confiança em sua gestão estava sendo corroída pela quebra de promessa.

Entretanto surgiu um video no youtube com um remix do video de desculpa do Nick Clegg.

[youtube id=”KUDjRZ30SNo” width=”600″ height=”350″]

 

O que pensa do video de desculpa ?

 

Acha que os britânicos devem aceitar o pedido de desculpa ?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos

RECEBER GRÁTIS:

DEIXAR COMENTÁRIO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.
Whatsapp Viber Telegram Ligar Agora Skype Enviar SMS

Bem Vindo!

Ao clicar em ENTRAR, declara que leu e que aceita a nossa Política de Privacidade.

ajudar-informatico-pt

Mantenha-se Informado!

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo, brindes, ofertas e promoções…

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin

Formulário Agendamento

assistencia ao domicilio

Formulário Contato

formulario de contato

Registar

Ao clicar em REGISTAR, declara que leu e que aceita a nossa Política de Privacidade.