Mais ofertas de emprego em TI para Java e analítica

A procura por técnicos qualificados competentes na linguagem corresponde a 30% dos projectos, diz um estudo da Msearch.

 
As organizações de TI em Portugal procuram actualmente sobretudo programadores Java e recursos humanos para iniciativas referentes a analítica de dados. A primeira tendência de oferta refere-se a 30% dos projectos e a segunda a cerca de 26% ‒ 14% ligados a BI e 12% a ciência de dados ‒ diz o guia Msearch Market Trends, de 2018 .

Contudo, os programadores competentes em PHP constituem o grupo de técnicos qualificados alvo da segunda maior procura: concentra 18% dos recursos humanos requisitados. O estudo destaca ainda a posição dominante entre os técnicos qualificados de IT na altura da negociação para um novo emprego. Valorizam o interesse no projecto, a posição da empresa em relação à concorrência e as possibilidades de progressão na carreira, além do pacote salarial, destaca um comunicado.

“O mercado das TI é muito dinâmico devido ao facto de existir pleno emprego. Aqui, o mais importante para as consultoras e para as organizações empregadoras é agir com rapidez na captação de técnicos qualificados adequados. Este sentido de urgência foi apreendido há muito pelas organizações da área e começa neste momento a sê-lo pelas organizações não tecnológicas que pretendem recrutar técnicos qualificados de TI” diz Mafalda Vasquez, directora da Msearch.

De acordo com o estudo, a oferta de emprego referente a funções na cibersegurança aumentou, mas corresponde simplesmente a 10% da procura de recursos humanos. Com registo superior, 16%, actualmente, surgem as solicitações dirigidas a engenheiros de programa informático.

O potencial de emigração de recursos humanos para o estrangeiro continua a ser marcante.

Nesse contexto, o potencial de emigração de recursos humanos para o estrangeiro continua a ser marcante. Aos candidatos surgem oportunidades de aderir a projectos em países mais atractivos, quanto à cultura vigente e vencimentos oferecidos.

As denominadas “soft skills” são bastante valorizadas ao nas componentes de trabalho em equipa, capacidade de comunicação e de gestão interna dos projetos.

Os dados para o Msearch Market Trends foram obtidos a partir de quatro mil entrevistas com candidatos e de reuniões com clientes, efetuadas nos primeiros dois meses e meio de 2018, pelos consultores especializados da Msearch.

Fonte: Computerworld.com.pt

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.