iOS 11: conheça todas as novidades do sistema da Apple

ios 11

Tal como era esperado, a Apple aproveitou o evento WWDC 2017 para revelar o seu novo sistema iOS 11, o qual conta com várias novidades face às versões anteriores. Durante o evento, todas as novidades foram reveladas por Craig Federighi, vice-presidente sénior de engenharia de software na empresa.

 

> iMessage com novidades

Uma das novidades reveladas encontra-se relacionada com o iMessage, que agora recebe suporte a sincronização de mensagens entre diferentes equipamentos. Esta funcionalidade, apelidada de “Messages in Cloud”, permite que o utilizador envie as suas mensagens para a cloud e possa aceder às mesmas em qualquer outro equipamento Apple que possua.

Além disso, passa também a ser possível realizar o backup das mensagens na conta do iCloud, garantindo que apenas as mensagens mais recentes e interessantes estão efetivamente guardadas no equipamento. As restantes encontram-se protegidas sobre a conta com os detalhes de acesso da mesma.

Por fim, o sistema de aplicações do iMessage recebeu uma ligeira melhoria no design, estando agora mais simples de utilizar e interativo. Com esta mudança ficou mais simples partilhar músicas e aplicativos, além de decorar as mensagens trocadas com outros utilizadores da plataforma.

 

> Siri agora mais inteligente

A Siri foi um dos pontos centrais da qual a Apple demonstrou o árduo trabalho que tem vindo a desenvolver, em parte com melhorias para utilizar sistemas mais atuais e inteligentes no assistente virtual.

Segundo os dados da empresa, a Siri encontra-se atualmente ativa em 375 milhões de equipamentos, e irá agora receber novas funcionalidades com a nova versão do iOS. Um dos destaques encontra-se na utilização de sistemas de aprendizagem automáticos, que pretendem melhorar a forma como o assistente interpreta a voz de cada utilizador.

Outra nova funcionalidade encontra-se no sistema de tradução. A partir de agora é possível utilizar a Siri para realizar traduções imediatas de pequenos textos. Numa fase inicial esta funcionalidade encontra-se limitada apenas ao inglês, chinês, francês, alemão, italiano e espanhol, mas deverá vir a ser expandido no futuro.

Por fim, o assistente virtual da Apple é agora capaz de aprender com o utilizador, baseando-se na utilização dos equipamentos. Com esta medida o assistente pode fornecer conteúdos mais interessantes e adaptados a cada utilizador.

 

> Melhorias nas fotos

As fotografias são um ponto importante em qualquer equipamento da Apple, e com mais de 1 trilião de fotos tiradas a cada ano em equipamentos Apple, é importante que exista sempre espaço disponível para todas as criações.

Por este motivo, o iOS 11 conta agora com um novo padrão para a codificação de imagens, apelidado de HEIF, ou High Efficiency Image Format. Este formato pretende substituir o tradicional JPEG, garantindo a mesma qualidade de imagem mas com um espaço mais reduzido.

Este novo sistema de codificação também será vantajoso para fotos tiradas em ambientes de pouca luminosidade e conta com um sistema de estabilização óptica melhorado. Por fim, ainda respeitante a imagens, a nova versão do iOS conta com uma nova Depth API, que pretende melhorar a utilização da câmera traseira dupla para capturar imagens de elevada qualidade.

A conjugação destes dois pontos deverá trazer várias melhorias a nível da qualidade de fotos tiradas sobre equipamentos Apple, um campo que é certamente importante para a empresa.

 

> Live Photos ao estilo Instagram

live photos ios

Uma das novidades que foi apresentada em versões anteriores do iOS encontra-se sobre as Live Photos, sendo que o iOS 11 conta com algumas melhorias nas mesmas. A partir de agora é possível criar fotos animadas em loop, similar ao que já é possível de realizar com o Boomerang do Instagram. Ou seja, um conjunto de fotos pode ser convertido para um pequeno gif animado.

 

> Novo Painel de controlo

O painel de controlo, onde é possível aceder a algumas funcionalidades rápidas do sistema, também recebeu algumas melhorias. Este suporta agora o 3D Touch, permitindo aproveitar melhor os diferentes atalhos presentes nesta secção.

Além disso, o novo painel irá também contar com um conjunto mais abrangido de atalhos, algo que é possível de encontrar em algumas versões personalizadas do Android pelos fabricantes, como é o caso da Samsung. Estes atalhos permitem realizar algumas tarefas mais facilmente e sem ser necessário percorrer todas as definições do sistema ou outras aplicações.

 

> Suporte a Realidade Aumentada

Os amantes da realidade aumentada poderão ficar alegres de saber que o iOS 11 irá contar com suporte a esta tecnologia. A empresa revelou uma nova plataforma de desenvolvimento para os programadores, apelidada de ARKit , e que permite a criação de conteúdos neste formato.

 

> Mapas: dentro e fora de edifícios

Apesar dos problemas iniciais quando foi lançado, a Apple continua a apostar no seu sistema de mapas, sendo que este irá agora receber alguns recursos interessantes para certas cidades.

Os utilizadores poderão aceder a mapas de diversos centros comerciais, incluindo do interior dos mesmos. Numa fase inicial esta funcionalidade apenas irá abranger as cidades de Boston, Chicago, San Francisco, Los Angeles, Nova York, Filadélfia, San Jose, Washington DC, Hong Kong, Londres e Tóquio.

Encontram-se ainda disponíveis mapas de 20 aeroportos espalhados pelo mundo.

 

> A conduzir? Sem distrações…

ios condução

A Apple introduziu uma nova funcionalidade “Não distrair durante a condução”, ou do inglês “Do Not Disturb While Driving”, que permite silenciar algumas notificações durante a condução. O sistema irá detectar quando o utilizador se encontrar a conduzir, silenciando notificações que não sejam importantes.

Em todo o caso, o utilizador ainda poderá configurar certas notificações para serem apresentadas de imediato mesmo que este modo esteja ativado.

 

> Pequenas grandes mudanças

Apesar de algumas novidades do iOS 11 ganharem destaque, existem pequenas mudanças que também merecem ser referidas. Como exemplo, o Apple Music agora permite a cada utilizador criar um perfil próprio dentro da plataforma, algo similar ao que se encontra no Spotify. Com isto outros utilizadores podem seguir os conteúdos preferidos de cada um e ouvir playlists partilhadas publicamente.

O Apple Home também recebeu suporte a mais acessórios, como os AirPlay 2. Este acessório pode mesmo ser controlado mais facilmente, seja pelo Apple Home ou pela própria Siri.

Para os donos de modelos com ecrãs de maiores dimensões, como é o caso do iPhone Plus, o iOS 11 também conta com um novo teclado que facilita a escrita utilizando apenas uma mão. Este encurta o tamanho do teclado, facilitando o acesso a todas as teclas utilizando apenas uma mão.

Por fim, a Apple Store também recebeu um novo design, com o objetivo de tornar as aplicações e jogos mais fáceis de serem encontrados, consoante a sua popularidade. A empresa refere que o novo design pretende contar um pouco da história de cada programador dentro da Apple Store, focando-se num plano geral invés de apenas numa ou outra aplicação.

 

> Funções exclusivas para o iPad

ios 11 ipad

O iOS 11 também se encontra disponível para os modelos iPad, pelo que algumas funcionalidades são exclusivas destes modelos. Uma destas encontra-se na nova função de arrastar e largar, que permite enviar conteúdos entre diferentes aplicações ativas. A função pode ser utilizada sempre que o sistema esteja com o ecrã dividido entre diferentes aplicações.

Existe agora também uma dock inteligente, similar ao que se encontra no macOS, que irá apresentar as aplicações mais acedidas pelo utilizador num formato mais simples de se aceder. Estes são depois apresentados de forma a serem mais rapidamente acedidos.

O Gestor de ficheiros do iPad também foi melhorado, facilitando o acesso a todos os ficheiros do utilizador num formato mais simples e rápido. Os conteúdos agora encontram-se separados entre os diferentes formatos, além de ser possível o acesso a serviços online, como o iCloud, Google Drive, Dropbox e OneDrive.

Por fim, o sistema também foi melhorado para suportar melhor a Apple Pencil. Um exemplo encontra-se na possibilidade de criar novas Instant Notes diretamente do ecrã de bloqueio do sistema.

ipad apple pencil

 

> Versão Beta disponível

Atualmente o iOS 11 já se encontra disponível, mas apenas para os utilizadores que façam parte do iOS Developer Program. Para os restantes utilizadores, a versão Beta pública deverá ser lançada no final de Junho, ficando disponível para todos os utilizadores registados no programa beta da empresa.

 

> Versão final

A versão final do sistema apenas deverá ser lançada no terceiro trimestre de 2017. A mesma será compatível com o iPhone 5s ou versões superiores, todos os modelos do iPad Air e iPad Pro, iPad de 5ª geração, iPad mini 2 ou versões superiores e iPod touch de 6ª geração.

Fonte: Tugatech

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.