Fundador do Megaupload dá a primeira entrevista

O fecho do site Megaupload veio acordar o mundo da Internet para uma realidade que todos sabiam ser possível mas que todos pensavam não vir a acontecer num futuro próximo.

O site de partilha de ficheiros foi fechado e os seus fundadores e administradores foram presos e os seus bens apreendidos. Depois de um mês e meio na prisão o seu fundador, Kim Dotcom (Kim Schmitz) foi libertado e aguarda o seu julgamento em liberdade. Deu de imediato uma entrevista e podemos agora vê-la.

Os contornos do caso Megaupload nunca foram bem claro e a causa da acção imposta também não foi esclarecida. Por um lado o Departamento de Justiça Norte Americano acusa o site Megaupload de gerar de forma criminosa mais de 175 milhões de dólares (135 milhões de euros), “causando mais de 500 mil milhões em prejuízos para os detentores de direitos de autor”.

Por outro a própria industria tinha processos em tribunal contra o site Megaupload, quer pelos prejuízos que esta estava a impor graças à partilha de ficheiros e pela criação de um vídeo promocional ao qual foi dado o nome de Mega Song e que teve mais de 11 milhões de visitas.

O video “Mega Song” contava com a participação dos artistas Diddy, Will.i.am, Alicia Keys, Kanye West, Snoop Dogg, Chris Brown, The Game and Mary J Blige e segundo a UMG a prestação de P Diddy, Will.i.am e Kanye West não teriam sido autorizadas e nesse sentido a MegaUpload deveria retirar o vídeo do Youtube.

Após a saída da prisão, Kim Dotcom deu uma entrevista exclusiva ao canal Neozelandês 3NEWS. Nesta entrevista podemos finalmente ouvir a versão do criador do Megaupload. Diz que não é um rei da pirataria, que vai defender-se até ao fim para provar a sua inocência e que não é mais do que um simples bode expiatório neste processo.

Nos 23 minutos que dura esta entrevista podem ver ainda a forma como Kim Dotcom aborda outros temas tais como os actuais modelos de negócio, que considera arcaicos e os prejuízos que entende que o Megaupload causou na indústria do entretenimento.

Agora que está conhecida a versão do principal acusado podemos finalmente começar a entender melhor todo este processo que com certeza se arrastará durante muito tempo. É um processo único e que envolve os gigantes da indústria do entretenimento e um site de partilha de conteúdos.

Houve já bastantes alterações dos sites similares ao Megaupload para se protegerem contra estas posições e processos. Mas será suficiente?

Se quiserem ler na íntegra a transcrição da entrevista podem fazê-lo aqui, no site do canal 3NEWS.

Agora que conhecem a versão do fundador do Megaupload a vossa opinião sobre este caso mudou?

Foi justa e justificada a medida tomada pelo Departamento de Justiça Norte Americano ou foi este caso apenas uma jogada mediática para ajudar na aprovação de leis contra a partilha ilegal de conteúdos?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.