Fin – Dispositivo revoluciona forma de interagir

Antes do Fin e durante décadas o método preferencial para interagir com os computadores foi o rato e o teclado. Ultimamente a transição para os equipamentos mobile libertou-se desses equipamentos e ofereceu-nos ecrãs onde podemos tocar directamente.

fin

Com a chegada de dispositivos como smartglasses e smartwatches, é natural que a forma de interagir com esses equipamentos continue a modificar-se e a evoluir, e este Fin apresenta-nos uma conceito bem interessante sobre como o fazer.

Rohildev, um indiano de 23 anos, criou através da sua start-up tecnológica um dispositivo que pode revolucionar a utilização dos objectos básicos do quotidiano. Adicionalmente, o aparelho, em forma de anel, pode ser uma preciosa ajuda para os invisuais.
O produto, chamado Fin, é um dispositivo de hardware em forma de anel para utilizar no polegar e converte a palma da mão num interface gestual. O dispositivo está equipado com sensores que conseguem reconhecer com precisão cada falange dos dedos.

fin fin_3 fin_4 fin_5 fin_6 fin_7 fin_15 fin_16 fin_17 fin_18 fin_19
A tecnologia de Bluetooth incorporada permite ligar o Fin a outros dispositivos, como a televisão, smartphone, computador e outros equipamentos electrónicos.
Uma vez que reconhece com grande precisão a palma da mão humana é possível atribuir diferentes funções a cada segmento dos dedos, que são executadas ao tocar com o polegar na falange pretendida.
Assim, com um simples toque é possível efectuar chamadas de emergência, silenciar o telemóvel, atender uma chamada, mudar a música que está a ouvir ou mudar de canal, refere o Times of India.
Todas estas possibilidades do Fin podem ajudar a melhorar a vida dos invisuais, uma vez que com um simples toque podem marcar um número telefónico, abrir e ler e-mails ou mensagens de telemóvel, utilizar mapas interactivos e efectuar pequenos gestos básicos sem terem de sair do mesmo lugar.

Para os portadores de deficiências físicas que tenham de recorrer ao uso de cadeira de rodas, o Fin também pode ser uma ajuda pois permite controlar os equipamentos, caso sejam eléctricos.
Para financiar a construção do Fin, Rohildev iniciou uma campanha de crowdfunding na plataforma Indiegogo. O objectivo inicial era angariar €72,5 mil euros.
Contudo, o conceito do dispositivo foi bem recebido e o projecto acabou por angariar €145 mil euros, doados por 1.600 pessoas de todo o mundo que pré-encomendaram o equipamento. Cada anel Fin será vendido por €87 euros, mas o preço deverá diminuir caso o produto seja produzido em massa.

A autonomia do aparelho pode chegar a até um mês, num cenário de utilização de oito horas diárias.

O Fin deve chegar ao mercado em setembro de 2014 em cinco cores diferentes, se os autores conseguirem recolher os cem mil dólares de que precisam.

 

O que pensa do Fin ?

 

Será o Fin o revolucionador da forma como interagimos com a tecnologia?

Para breve deve estar o lançamento de um kit de desenvolvimento de software para que os programadores possam começar a criar apps para a interface do Fin.

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.