Falta de competências digitais continua a ser o principal desafio das empresas

O estudo da SAP reuniu dados de 116 decisores de negócio e de Tecnologias de Informação em 18 países, como uma continuidade do estudo realizado em 2015.
Os seus resultados demonstram que enquanto em 2015, 53% dos entrevistados consideravam que os seus colaboradores não possuíam as competências necessárias para uma transformação digital bem-sucedida, no estudo de 2016 esta percentagem ascendeu aos 64%.

Possíveis explicações para este aumento são a crescente velocidade da inovação tecnológica e a crescente consciencialização no que à transformação digital diz respeito. Ao longo do tempo, os executivos podem ter desenvolvido um melhor julgamento sobre as necessidades da sua empresa ao nível das competências, assim como uma melhor avaliação daquelas que estão disponíveis internamente.

“O talento digital ameaça tornar-se no principal obstáculo da digitalização no setor. O défice em competências digitais ainda está entre as principais barreiras à transformação digital”, refere Bernd Welz, vice-presidente e chief knowledge officer, de Produtos e Inovação da SAP. “O investimento na educação e na capacitação dos colaboradores nunca foi tão importante, na medida em que o desenvolvimento da literacia digital na força de trabalho permitirá um caminho contínuo para a transformação digital das empresas.”

Efetivamente, 90% dos entrevistados percecionam a transformação digital como importante para a estratégia de negócio global da empresa, contudo, o desenvolvimento de competências específicas é uma raridade. Apenas 16% dos entrevistados levaram a cabo um programa de recrutamento dedicado ou formação para construção de uma base de competências necessárias para moldar o futuro digital da sua empresa.

Existe, todavia, um amplo consenso entre os entrevistados quanto ao conjunto de competências digitais necessárias. Para maximizar o potencial de negócio da digitalização, as empresas devem funcionar de forma a incutir aos colaboradores o conhecimento e as competências necessárias para uma transição perfeita.

“Este estudo enfatiza que muitas organizações ainda estão numa fase de orientação para a transformação digital. À medida que as novas tecnologias continuam a surgir, as empresas devem ser proactivas na definição de uma estratégia para a implementação digital que inclua todas as áreas e níveis de negócio”, enaltece Krcmar, docente da disciplina Sistemas de Informação, do Departamento de Informática da Universidade Técnica de Munique.

Para fazer face a este desafio, a SAP, em parceria com o Centro de Pesquisa Europeu de Sistemas de Informação (ERCIS), está a conduzir um estudo para identificação das melhores práticas que as empresas podem seguir para desenvolvimento das competências necessárias a uma transformação digital bem-sucedida. Um plano de recrutamento sistemático e o desenvolvimento de competências com base na análise das necessidades de aprendizagem foi identificado como fator fundamental para dotar os colaboradores com competências avançadas para as novas funções de trabalho. Assim, a SAP pretende levar a cabo ações para moldar a cultura de aprendizagem dentro das empresas, de modo a estas conseguirem atingir uma aprendizagem autodirigida, colaborativa e contínua, com recurso a um sistema integrado de gestão de aprendizagem.

Fonte: ITinsight

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.