Facebook vai permitir eliminar mensagens do Messenger

Com todos os problemas que o Facebook tem tido nos últimos tempos, não é lógico como os seus responsáveis e a própria rede social se está a expor noutras áreas.

Depois do o seu fundador e CEO ter admitidos que tem a capacidade de eliminar as mensagens que envia pelo Messenger, a rede social veio publicar que vai em breve alargar esta funcionalidade a todos os utilizadores.

Facebook Messenger mensagens eliminar
 

 

Todos vão poder eliminar mensagens do Messenger

Com a informação que o próprio Mark Zuckerberg mostrou, ficou claro que os elementos dirigentes do Facebook têm níveis de privacidade diferentes do resto dos utilizadores e também acesso a algumas funcionalidades únicas e que certamente nem são tornadas públicas.

Como resultado, e para equilibrar esta situação, a rede social mostrou neste momento que tem estado a trabalhar nesta funcionalidade e que vai alargá-la a todos em breve.

Nós discutimos esse recurso diversas vezes. E as pessoas que usam o nosso recurso de mensagens secretas na versão cifrada do Messenger têm a capacidade de definir um cronómetro – e ter as suas mensagens excluídas automaticamente. Neste momento, disponibilizaremos um recurso de exclusão de mensagens mais amplo

 

 

A origem desta medida do Facebook

De acordo com o Facebook, a utilização desta funcionalidade pelos quadros de gestão do Facebook apareceu com o incidente da Sony em 2014, em que foram roubados emails dos administradores da empresa.

Após a situação o Facebook decidiu criar medidas para proteger a informação dos seus administradores e a eliminação das mensagens de modo direto no Messenger foi uma das medidas implementadas.

Desta forma, e sempre que necessitassem, os administradores poderiam remover mensagens enviadas, fazendo-as desaparecer do Messenger de quem as recebeu e até dos registos do próprio Facebook destes.

Facebook Messenger mensagens eliminar
 

 

A proposta atual para eliminar mensagens do Messenger

O Messenger do Facebook já dá uma solução similar, dentro das conversas cifradas, em que uma mensagem é publicada e removida na hora que o utilizador definir.

Claro que estas funcionalidades não podem ser comparadas já que são completamente diferentes, sobretudo na forma e nos momentos em que podem ser usadas.

Mais uma vez o Facebook é apanhado a privilegiar os seus e a não ser totalmente aberto aos utilizadores. A rede social está a melhorar em muitos aspetos ligados à privacidade e à proteção dos dados, e isso têm-se visto nos anúncios feitos ultimamente, mas a verdade é que estas lacunas têm surgido demasiadas vezes nos últimos dias.

Fonte: Pplware

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.