Facebook utiliza Instagram para atacar YouTube

O Instagram tem atualmente cerca de 1 bilião de utilizadores ativos por mês. Agora o Instagram passou a ser a arma secreta de Mark Zuckerberg. Está a ser utilizado para atacar o YouTube e consolidar a sua presença como uma plataforma de vídeo. Como todos sabem já tinham sido introduzidas várias inovações no Facebook para concorrer diretamente com o YouTube. Agora eis que que chegou o momento do Instagram querer fazer o mesmo.

 

Porque é que o Facebook lançou a IGTV?

Foi num evento em São Francisco que o Facebook tornou publico o seguinte. Vai permitir que os utilizadores façam upload de vídeos com até 1 hora de duração, acima do limite atual de 1 minuto.

Além disso, a aplicação vai introduzir um novo hub denominado IGTV. É um novo sistema que irá destacar vídeos populares de celebridades e produtores de conteúdo. O Instagram publicou que alcançou o milhar de milhão de utilizadores. Porém, também mostrou o IGTV, YouTube da rede social, com as devidas aspas é evidente.

 

Mas afinal de contas o que é o IGTV?

Bem, antes de ser uma pequena sigla (fácil de relembrar), é uma aplicação que levará, no compreender de muitos, ao fim da plataforma da Google. Ou, ao menos, parte dessa. E não seria a primeira vez que se veria algo assim. Afinal, o Instagram já derrotou o Periscope do Twitter e as Stories do Snapchat. Logo, tudo é possível.

Por a sua vez, o IGTV é o serviço que permitirá a criação de vídeos por parte de qualquer utilizador, até duração duma hora. A a sua criação tem que ver com três grandes pilares. Em primeiro, mobile first. Sem dúvida que é nesse pequeno universo que o Instagram quer estar com vídeos imensos. Isto é, a app é para ser usada no smartphone, em vertical e no ecrã inteiro.

 

IGTV do Instagram conseguirá impor-se perante o YouTube

Em de acordo com, é simples e intuitivo, em consonância com o próprio Instagram é evidente. Por último, possibilita a qualquer utilizador poder ver o conteúdo criado pelas celebridades que segue hoje em dia. Com base em estatísticas promovidas pela própria rede social, em 2021, cerca de 78% dos dados (de rede) estarão a ser gastos em conteúdo de vídeo. Portanto, o Instagram não pode deixar escapar tal possibilidade. Do mesmo modo, tal como se pode analisar, houve até agora uma tentativa de não criar conteúdo de vídeo. No entanto isso criou um imenso espaço vazio capaz de ser rentabilizado.

 

Será que algum dos dois gigantes vais ter de se render?

Por um lado, são plataformas totalmente distintas, para já. Pelo que não faz muito sentido pensar-se que serão concorrentes uma da outra. Por outro, com acima de mil milhões de utilizadores actualmente, não se pode dizer que não haja potencial para aproveitar tal oportunidade. Veremos o que vai acontecer efectivamente.

Assim, tal como numa Televisão, o IGTV também vai ter canais com vários produtores de conteúdos. Quando seguir-mos um criador no Instagram, o canal dele no IGTV vai mostrar-nos o que podemos ver. Os utilizadores podem ainda enviar vídeos verticais por meio da aplicação do Instagram. Ou então pelo website na Internet, entrando de modo direto em confronto com o YouTube.

A empresa também tornou publico os planos para desenvolver um programa de rentabilização. É um plano para para criadores de IGTV que permite a partilha de receita por meio de anúncios.

 

Porque o Facebook e o Instagram querem atacar o Youtube?

Basicamente o Facebook e agora o Instagram com estas iniciativas querem apenas rentabilizar as suas plataformas. Querem tirar proveitos da publicidade, colaboração com marcas e contribuições de fãs. Uma das novas funcionalidades chama-se Brand Collabs Manager. Vem sobretudo facilitar basicamente as parcerias das marcas com os criadores de conteúdo.

Assim, as marcas podem pesquisar por criadores de conteúdo através de diversos critérios. As marcas podem pesquisar por interesses como, sexo, faixa etária e até mesmo o estado de relacionamento. Ao mesmo tempo, a nova funcionalidade permite que os criadores de conteúdo destaquem as dados que os possíveis anunciantes necessitam de saber sobre eles.

 

Qual a diferença do IGTV em relação ao Youtube

Para chamar para si os milhões de YouTubers espalhados pelo mundo todo, o Facebook desenvolveu novas funcionalidades. Essas funcionalidades vão ajudar os criadores de conteúdos a expandirem os seus negócios e a comunicarem duma forma simples com os seguidores e espectadores. Porém o IGTV tem algumas diferenças em relação ao YouTube. Em vez dos vídeos serem vistos na horizontal, como acontece no youtube, mantêm o mesmo estilo na vertical.

IGTV

A reprodução de vídeo começa instantaneamente quando abrimos a aplicação. De facto é certamente um aspecto benéfico para a maioria dos utilizadores. Importa salientar que o áudio começa de forma silenciosa desde o início. Isto faz com que não haja o perigo de incomodar as pessoas à volta. Especialmente quando está em reunião e por alguma razão pega no seu smartphone. Importa salientar que os conteúdos também são selecionados. Deste modo, o que vê quando abre o IGTV é conteúdo proveniente de criadores que já segue no Instagram.

 

Já se pode usar a funcionalidade IGTV do Instagram?

A nova aplicação que já está está disponível no Google Play, possibilita o upload duma hora de vídeo. Este serviço está disponível para utilizadores e criadores de conteúdo. Se quiserem só ver o que se vai passando no mundo dos vídeos é necessário instalarem a aplicação e já está. Caso contrário e se quiserem ser estrelas do Instagram é necessário carregarem no botão que mostra uma roda dentada e posteriormente criarem um canal.

IGTV

Embora esta aplicação surja como algo independente, também é possível aceder ao IGTV através da aplicação Instagram. Quando isto acontece, embora a interface pareça exatamente igual à da IGTV, tudo acontece dentro da aplicação original.

 

Onde posso descarregar a aplicação

Entretanto se quiser partilhar com o mundo os seus próprios vídeo é muito fácil fazer o upload para o novo sistema IGTV do Instagram. A forma de interação em todos os processos é muito semelhante à que já está habituado no Instagram.

 

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.