Facebook responsável por 1 em cada 3 divórcios

…um dos motivos são as mensagens ao sexo oposto!

Já muito se tem escrito acerca do Facebook. Notícias boas ou menos boas, marcam aquela que foi sem dúvida a rede social mais bem sucedida e que muito dificilmente outra conseguirá possuir a mesma popularidade. No entanto, o uso do Facebook pode levar a consequências extremas, como demonstra um estudo inglês, onde a rede social é a causa de um em cada três divórcios.

Parece que o Facebook não veio ser uma simples rede social… mas revelou-se ser muito mais que isso! Não só nos aproximou de amigos que se encontram do outro lado do Mundo, como também conseguiu afastar quem está mesmo ao nosso lado.

Esta é a conclusão de uma pesquisa realizada pelo site especializado Divorce-Online, que dá conta que os casais do Reino Unido se estão cada vez mais a separar devido à rede social Facebook, uma vez que a citam como causa e motivo dessa separação.

facebook_breakup

Os resultados mostram que 33% das pessoas que pedem divórcio citam o Facebook como a principal causa do mesmo. O site procedeu à mesma pesquisa em 2009 e o número de pessoas que citavam o Facebook era de 20% na altura. Pode-se, portanto, referir que cada vez mais as pessoas de estão a divorciar devido à rede social.

Os queixosos, indicam, entre as principais razões, o comportamento dos cônjuges com o sexo oposto na utilização do Facebook, bem como o facto de estes utilizarem a rede social para fazerem comentários acerca dos seus ex-companheiros.

O Divorce-Online indica como três principais motivos:

1. Mensagens impróprias a utilizadores do sexo oposto;

2. Mensagens desagradáveis acerca de ex-companheiros;

3. Amigos do Facebook a comentarem o comportamento do cônjuge.

Por sua vez o Twitter apenas foi indicado em 20 processos, dos 5.000 analisados pelo site, e na sua maioria, as queixas recaiam em comentários sobre os ex-companheiros do cônjuge, nos tweets.

Segundo o porta-voz do Divorce-OnlineMark Keenan “As redes sociais têm-se tornado na principal ferramenta de comunicação, ultrapassando o texto e o email, na minha opinião. Se alguém quiser ter um caso ou flirt com o sexo oposto, então é o melhor lugar para o fazer. Também o uso do Facebook para fazer comentários, para os amigos, acerca de ex-companheiros se algo tornou extremamente comum para ambos os lados, usando o Facebook para desabafar e mostrar as suas mágoas um contra o outro”.

No entanto adverte que “As pessoas precisam ter cuidado com o que escrevem nos seus murais, pois os tribunais vêem essas mensagens a ser usadas como disputas financeiras e nos casos de crianças como uma evidência.” [Divorce-Online]

Podem as redes sociais ser um meio facilitador para comportamentos que levam ao divórcio?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.