Facebook promove utilização do Onavo (VPN) para “maior protecção”


A questão da confiança e privacidade voltam a ser postas em causa com a app do Facebook a recomendar a utilização do serviço de VPN da Onavo (que lhe pertence), e que sido equiparada à instalação de verdadeiro spyware no smartphone.

Eu não chegaria ao ponto de dizer que utilização do Onavo é spyware, mas a verdade é que nesta fase nem eu me sentiria confortável a utilizar esse serviço, por pertencer a quem pertence (Facebook). Para quem por cá anda há algum tempo, poderá recordar-se que o Onavo ganhou popularidade ao ser um dos primeiros serviços que permitia aos utilizadores iOS terem uma contabilização dos dados gastos discriminado por app – isto numa altura em que o iOS estava longe de disponibilizar isso de raiz (o que felizmente, já faz). Essa contagem era feita através do reencaminhamento dos dados mobile através da VPN da Onavo, o que lhes permitia analisar o tráfego para fazer essa contabilidade discriminada… o que por um lado podia ser encarado com uma medida de proteção adicional – ao se utilizar uma VPN – mas simultaneamente também estando a ceder dados sobre a utilização que fazemos de cada app.

Ora, quando o Facebook comprou a Onavo, simplesmente se imaginar em qual das componentes estaria interessado. Além disso, o Facebook já foi acusado publicamente de utilizar os dados obtidos pela Onavo para espiar os seus rivais. Pelo que este novo incentivo a que os utilizadores do FB usem o Onavo para “estarem protegidos” tem tudo para fazer tocar todos os indícios de alerta que possam existir.

É que para além de tudo o que o Facebook já sabe dos utilizadores ao usarem a a sua app e serviço (e também um pouco por toda a web, por conta dos scripts de tracking que existem em todas as páginas que tenham botões de like), com o Onavo o Facebook passa a saber também o que fazem a qualquer instante com o o seu smartphone, mesmo quando não estão a utilizar a app do Facebook – nomeadamente, se estão a dar mais / menos utilização a aplicações concorrentes, e se isso será motivo para preocupação.

Por diversas vezes já alertamos para o facto de que, se por um lado é muito mais conveniente utilizar uma VPN para se ter um acesso mais descansado aos dados quando se está fora de casa, há que estar consciente que a escolha desse serviço requer que se confie plenamente no mesmo. Para quem não estiver disposto a isso, é provável que o melhor seja explorar a criação da a sua própria VPN em casa, para aceder através dela mesmo quando está fora, e assim será menos uma incógnita na longa cadeia de variáveis que nos permitem estar ligados ao mundo.

… E sobretudo, não estando a utilizar uma que nos é sugerida pela rede social que mais dados vai recolhendo sobre os seus utilizadores!

Fonte: AbertoatedeMadrugada

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.