Facebook perde processo por monitorizar utilizadores

A famosa rede social Facebook é conhecida pelos vários problemas acerca da privacidade dos seus utilizadores, o que lhe valeu uma derrota no processo contra o Estado da Bélgica.

A empresa já tinha sido multada por 1.2 milhões de euros pelo Estado espanhol no ano passado. Esta foi consequência de ter sido declarada culpada por desrespeitar a privacidade dos seus utilizadores.

Este processo contra o Estado da Bélgica já vem a decorrer desde 2015. A rede social foi acusada por monitorizar ilegalmente a atividade dos seus utilizadores na Internet .

O Estado belga afirma que a empresa desrespeitou as leis impostas pela UE , ao não informar quais os notícias dos utilizadores eram salvos, por quanto tempo ficavam guardados e como eram usados.

Devido ao facto de ter sido considerada culpada, a empresa norte-americana terá de pagar 250.000€ por dia. O máximo a pagar é 100 milhões de euros, até que as políticas da rede social estejam de acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Notícias da Bélgica .

A rede social será ainda obrigada a apagar os notícias coletados ilegalmente e a publicar o veredicto completo do tribunal no o o seu website.

Contudo, esta multa não é a mais pesada imposta à gigante norte-americana. No ano passado foi multada em 110 milhões de euros por aldrabar os reguladores europeus durante a aquisição do WhatsApp.

“Cumpriremos esta nova lei, assim como cumprimos a lei de proteção de notícias existente na Europa”, disse Richard Allan, porta-voz do Facebook, à HLN, um jornal belga .

O órgão do monitorização da privacidade da Bélgica e a Comissão de Privacidade da Bélgica, um autor no processo, aplaudiram a decisão, afirmando:

“O Facebook acaba de lançar uma grande campanha onde destaquem a importância da privacidade. Esperamos que eles façam isso uma realidade”

Como seria de esperar, a rede social Facebook publicou que irá cumprir a decisão do tribunal. “Nos últimos anos, trabalhámos bastante para ajudar as pessoas a entender como usamos as cookies para exibir conteúdo relevante e proteger o Facebook. Formámos equipas que se concentram na proteção da privacidade, engenheiros e desenvolvemos ferramentas que oferecem aos utilizadores escolha e opções de monitorização.” – referiu ainda Richard Allan .

A empresa americana parece muito séria quanto a este assunto. E tu, achas que será desta que o Facebook aprenderá a lição?

Via: XDA-Developers

Fonte: HLN

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.