Facebook morre daqui a 5 anos

Eric Jackson, fundador da IronFire Capital, prevê que dentro de cinco a oito anos irá desaparecer o Facebook como o grande player da web, assim como aconteceu ao Yahoo fez: “Mas o Yahoo ainda é rentável, tem 13.000 funcionários, mas é 10% daquilo que era em 2000.

morre

E para todos os efeitos, já desapareceu”, declarou Jackson no programa Squawk da CNBC.

Na opinião de Eric Jackon existem três gerações de empresas de Internet: o Yahoo como pioneiro da internet, o grande portal web, é o melhor exemplo da primeira geração.

O Facebook, que revolucionou a relação da web com as redes sociais, pertence à segunda geração e a terceira geração serão as empresas totalmente focadas em tirar o máximo dos proveitos financeiros do segmento móvel, algo com que o Facebook ainda tenta lidar.

fac

Uma das barreiras que enfrenta o Facebook no futuro é que este não tem sido capaz de transformar em dinheiro a fantástica base de utilizadores que utilizam os dispositivos móveis para a ligação à rede social.

Este é um assunto que tem sido permanentemente questionado e apontado à empresa de Mark Zuckerberg antes da entrada na bolsa de valores e mesmo depois quando as acções do primeiro dia a 38 dólares caíram para os 25,87 dólares (último valor de fecho dos títulos da empresa que representou a maior queda, em duas semanas, desde 1995).

Mas isto não será, segundo Eric Jackson, o que levará a empresa a ficar para trás quando outros serviços e produtos estiverem a florescer.

Como a Google conseguiu entrar no mercado das redes sociais, também o Facebook terá de conseguir entrar no segmento dos dispositivos móveis.

Para Patrick Moorhead, analista de Moor Insights & Strategy, o Facebook não desaparecerá em cinco anos, mas este reconhece que não terá os mesmos índices de crescimento que apresenta actualmente.

No entanto, mesmo que outros serviços cresçam, como por exemplo o Pinterest, os utilizadores precisam de uma plataforma que reuna ali à mão os seus amigos e conhecidos.

 

Para muitos a morte do Facebook vai ser desesperante.

Penso que não vai ser assim uma morte repentina.

Na minha opinião, durante os proximos anos vai começar a definhar acabando por morrer lentamente.

Mas também não sentirei muito a sua falta, uso o mínimo indispensável.

 

E voçe? Sentirá a falta do Facebook ?

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

2 thoughts on “Facebook morre daqui a 5 anos”

  1. Tengo bastantes amigos en facebook, pero al parecer siempre me salen los mismos. Tenia entendido que era al azar pero ahora no estoy tan segura. ¿Alguien me podría decir por que salen esos amigos?
    Es extraño y tengo la duda porque con las personas con las que mas interactuo, casi no salen.

  2. Há pouco mais de 1 ano alguns escreviam que o Facebook poderia roubar o “trono” do Google, inclusive no mercado das pesquisas. Agora, já muitos lhe fazem o funeral. Na minha opinião tudo dependerá de como a rede social evoluir. Se não houver novos motivos de interesse e inovações obviamente acabará por perder o destaque que tem.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.