Comportamentos de risco nas Redes Sociais

A ESET, líder mundial em protecção proactiva contra malware, encomendou um estudo no qual foram inquiridos 2,027 adultos americanos com mais de 18 anos, entre 31 de Maio a 2 de Junho, revelando que embora os utilizadores se preocupem com a sua segurança e privacidade on-line, têm comportamentos de risco nas redes sociais.

Embora 69% dos utilizadores e possuidores de contas em redes sociais assumam preocupações com a segurança on-line, um terço nunca alterou as suas palavras-passe e 15% não a alteram há mais de um ano.
Um em cada dez utilizadores de redes sociais já reportou que um utilizador desconhecido assumiu o controlo da sua conta e usou-a para espalhar ligações maliciosas e comentários. Isto é particularmente alarmante, se considerarmos que o acesso não autorizado pode ameaçar toda a segurança on-line do utilizador, bem como dos seus contactos.

O estudo destaca que dos 67% dos utilizadores de redes sociais estão preocupados com as questões de segurança, porém 55% actualizam as suas definições de privacidade apenas de 6 em 6 meses, o que se revela problemático. Por exemplo, o Facebook torna extremamente difícil para os utilizadores saberem quando necessitam de actualizar as suas definições de segurança, porque normalmente não são lançados alertas para a introdução de novas alterações que afectam a privacidade dos utilizadores.

Se 69% dos possuidores de contas em redes sociais estão preocupados acerca da segurança, 67% expressam preocupação com a privacidade. Conclui-se ainda que:
•          37% dos utilizadores estão preocupados que alguém crie uma conta com o seu nome;
•          95% dos utilizadores aceitam normalmente o pedido de amizade de um amigo ou desconhecido;
•          71% dos utilizadores temem que a informação que introduzem nas redes sociais sejam vendidas ou partilhadas à revelia;
•          17% dos utilizadores estão preocupados que os seus filhos utilizem as redes sociais

O que pode fazer para se proteger a si e aos seus contactos nas redes sociais?

Um erro comum a muitos utilizadores passa por considerarem que a segurança nas redes sociais e consequente privacidade está fora do seu controlo e que a principal responsabilidade pelas falhas é dos administradores ou responsáveis pelas redes. Na realidade, a maioria dos problemas relacionados com privacidade e segurança parte dos próprios utilizadores.

1. Seja inteligente com as palavras-passe

Muitos utilizadores questionam-se acerca do intervalo de tempo ideal para alterarem as suas palavras-passe. Esta não é uma questão simples de responder uma vez que depende de diversos factores.

Utiliza a mesma palavra-passe em todas as redes sociais em que se encontra? Se responder sim a esta questão deveria alterar a sua palavra-passe de 5 em 5 minutos. Importa salientar que quando utiliza a mesma palavra-passe em todas as redes sociais está a correr um grande risco, dado que basta acederem a uma só conta para passarem a controlar toda a sua actividade on-line.

A sua password é uma palavra comum ou uma sequência de números semelhante a 12345? Neste caso então deveria mudar a sua password de 10 em 10 minutos.

Daqui se conclui que dado que nenhum utilizador irá estar a alterar a sua palavra-passe a cada 5 ou 10 minutos, o segredo passa por escolher uma boa combinação entre letras (letra grande e pequena) e números. Se o fizer apenas será conveniente alterar a sua palavra-passe entre 3 a 6 meses.

2. Saiba quais as suas opções no que concerne à privacidade e verifique com frequência as opções disponíveis.

Se por vezes as alterações ao Facebook são relatadas na imprensa, noutros casos são disponibilizadas aos utilizadores sem aviso prévio. Por esse motivo deverá verificar todas as semanas as definições de privacidade disponíveis no facebook. Se não o fizer, pode correr o risco de estar a partilhar informações pessoais com todo o Facebook sem o seu consentimento.

3. Saiba quem são os seus amigos virtuais

Deverá certificar-se que sempre que recebe um pedido de amizade e o aceita, conhece de facto a pessoa que o adicionou. Existem cibercriminosos que estudam o comportamento dos utilizadores nas redes sociais, para os mais diversos efeitos, por isso tenha muito cuidado.

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

2 thoughts on “Comportamentos de risco nas Redes Sociais”

  1. Hola necesito saber si existe alguna página donde pueda abrir el facebook desde mi trabajo ya q lo tienen bloqueado, he entrado por medio de algunos proxys pero aunque puedo verlo no puedo editarlo y asi que chiste tiene… Por favor Ayudenme!!!!

  2. ¿Porque se me cierra la cuenta de facebook sola y tengo que volver a poner contraseña?
    Cambie de contraseña por si era alguna otra persona que entraba desde otro ordenador y me sigue pasando lo mismo. Hay veces que me pasa a los 10-20 segundos o al minuto de haber iniciado sesión.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.