Como tornar o RGPD num catalisador da mudança

No próximo dia 25 de maio entrará vigor o novo Regulamento Geral para a Proteção de Dados, o RGPD, que regulará o tratamento dos dados privados por parte das organizações, para garantir uma maior transparência. Para as organizações isto está a constituir um problema, já que as obriga a redesenhar os seus processos de tratamento da informação para poder cumprir a normativa. Porém, com uma simples mudança de mentalidade, o RGPD pode deixar de ser um problema para passar a ser um catalisador da mudança.

A Commvault propõe um plano de cinco passos para pôr em prática uma estratégia de serviços partilhados aos dados através do espectro de necessidades de negócio (proteção, governo e utilização), que resultará numa série de capacidades que servirão as organizações de forma mais ampla e ajudarão a a sua transformação digital.

  1. Entenda os requisitos do RGPD para a gestão de dados como um imperativo e um catalisador de mudança.   Do ponto de vista da disciplina na administração dos dados, entende-se bem a urgência de minimização, retenção, precisão e integridade/confidencialidade, embora com uma abordagem ligeiramente diferente. Estes também são alguns dos princípios da proteção de dados do RGPD. Os outros são legalidade, legitimidade e transparência, e limitação de propósitos. Em termos de capacidades de gestão de dados, os seguintes pontos são necessários para o plano de conformidade com o RGPD, e também podem ser aproveitados para otimizar a gestão de dados na empresa.
    1. Perfil de informação da empresa
    2. Classificação e retenção automáticos
    3. Investigação PII (informação privado identificável), incluindo elementos como cartões de crédito
    4. Monitorizar PII em lugares não autorizados
    5. Simplificar a resposta ao direito de acesso, retificação e pedidos de eliminação
    6. Estabelecer notificações sobre acesso anómalo a informação relacionada com RGPD
    7. Suporte de planificação de notificação de incumprimento
    8. Estabelecer um processo de quarentena de dados
    9. Alinhar as políticas de bakup e arquivamento para reduzir a quantidade de cópias de dados privados que deve administrar.

2. Pesquise e calcule as reduções de custos que podem resultar duma melhoria na gestão da informação imposta pelo RGPD. Os clientes da Commvault afirmam ter obtido uma média de 52% de redução de custos na configuração de Disaster recovery, teste e manutenção, bem como uma redução de 51% nos custos com o cumprimento anual, eDiscovery e seguros e uma redução média de 73% na exposição anual a lacunas de conformidade e de auditoria, roubo de dados e/ou fugas de dados3.

3. Plano para consolidar as operações de dados como parte do droadmap do RGPD. Cópia/recuperação, arquivamento/retenção, administração de snapshots e réplicas, etc. fariam parte deste requisito. Tal como no passo anterior, calcule as poupanças que se podem obter da consolidação. Os utilizadores da plataforma de dados Commvault conseguiram obter uma redução média do 42% em hardware de armazenamento e administração de dados e uma redução de 52% em custos de programa informático, assim como uma redução média de 54% no aprovisionamento da cloud e nos custos de administração de dados na cloud.

4. Introduza uma estratégia de cópia de dados formal como parte da planificação RGPD . Incluiria um elemento concebido para reduzir os volumes atuais de cópia de dados e a a sua infraestrutura de apoio, centrado tanto nas melhores práticas para o RGPD como na redução de custos de armazenamento e infraestrutura. Calcule as reduções de custos que possam resultar da redução de dados de cópias. Como os volumes de dados de cópia proliferaram até ao ponto em que frequentemente excedem o volume de produção, é possível obter significativas reduções.

5. Reveja os casos de utilização adicionais que podem ser adicionados depois da consolidação  para conseguir economias de escala com os seus dados, particularmente ao obter valor dos mesmos, bem como a a sua proteção e governo:

  1. Teste e desenvolvimento
  2. Investigação de utilizador final
  3. Recuperação em modo autosserviço do utilizador final
  4. Análise: operativa, de perigo e comercial

Pesquise e calcule as poupanças e possíveis contribuições para as receitas que se podem obter de casos de utilização adicionais da plataforma de dados. Ativar a busca e recuperação em modo autosserviço, por exemplo, reduz a carga interna de TI até 47%5.

6. Modele as reduções de custos projetados ao longo do tempo e invista-as nos seus produtos ou serviços.  Isto irá ajudá-lo a transferir o investimento em TI do centro de dados para o BI/análise, ciência de dados, serviços na loud, marketing digital e outras áreas que estão orientadas a transformar o negócio e a aumentar as receitas.

Tomar o RGPD como ponto de partida e trabalhar através dum plano desenhado para servir as necessidades mais amplas da organização, ajudará na transformação digital do negócio.

Fonte: Leak.pt

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.