Bitcoin contém links para a Pornografia Infantil

A criptomoeda Bitcoin foi popularizada pelo submundo do crime. Era o meio de pagamento sugerido pelos marginais porque “não deixava rasto”. A imagem da moeda virtual Bitcoin foi “limpa” pela imensa popularidade e crescente utilização no nosso dia a dia. Mas não quer dizer com isso que ficou “livre” dos meandros do crime da Internet.

Investigadores alemães descobriram centenas de links para pornografia infantil dentro da tecnologia subjacente a Bitcoin, a Blockchain.

Imagem ilustrativa pornografia infantil e blockchain
 

Blockchain esconde links para conteúdo de Pornografia Infantil

Nos últimos meses, os apostadores nesta moeda virtual, altamente sujeita a especulação, têm procurado novas formas de reanimar este mercado que quer parecer estagnado. Muitos foram os que se deixaram cair nas malhas do crime e foram neste momento descobertos, por investigadores alemães, links na Blockchain que levavam a conteúdos para pornografia infantil.

Embora a tecnologia blockchain seja amplamente conhecida por ser um “livro de contas” imutável de transações Bitcoin, suportada por uma vasta e complexa rede de PCs, também é sabido que este “livro razão” possibilita que os utilizadores criem e depositem mensagens codificadas. O criador de Bitcoin, Satoshi Nakamoto, deixou uma mensagem enigmática no bloco original do blockchain: “The Times 03/Jan/2009 Chancellor on brink of second bailout for banks.”.

Esta foi a primeira de muitas mensagens cifradas que aparecem a homenagear diversas pessoas e a relembrar datas importantes. Por exemplo, há mensagens que eternizam Nelson Mandela, ou mensagens aos entes queridos no Dia dos Namorados. Claro que também é possível entrar no lado negro deste tipo de abertura criativa e nesse sentido houve quem usasse esta capacidade para dispor links para pornografia infantil.

Embora a maior parte deste conteúdo seja sem perigo, também há conteúdo a ser considerado censurável em muitas jurisdições, por exemplo, a descrição de nudez duma jovem mulher ou centenas de links para pornografia infantil. Como resultado, pode tornar-se ilegal (ou até já é hoje) possuir a Blokchain, que é necessária para participar do Bitcoin.

Conclusões da autoria de membros da Universidade RWTH Aachen e Goethe University.

 

Utilizar a criptografia disponível para mensagens “escondidas”

Os investigadores afirmaram que descobriram 1600 instâncias em que as transações na blockchain incluíam dados não financeiras, representando cerca de 1,4% das transações. Uma vez que o blockchain da Bitcoin é imutável, aqueles que descarregarem esse conteúdo também estão a descarregar conteúdo de pornografia infantil.

Não é a primeira vez que os espetadores curiosos descobriram links para pornografia infantil na blockchain da Bitcoin. Os utilizadores já em 2013 tinham assinalado esses links. Embora esta seja é provável que a primeira vez que os investigadores conseguiram quantificar o volume de material potencialmente ilícito escondido na blockchain.

Além disso, uma vez que a Bitcoin tem compradores e comerciantes em todo o mundo, itens na blockchain também levantam questões sobre legalidade em diversos países.

Na China, a mera posse de segredos de estado pode resultar em sentenças de prisão de longa data. Além disso, a definição de segredos de estado da China é vaga e cobre, por exemplo, atividades para proteger a proteção do Estado. Tais alegações vagas com referência a segredos de estado foram aplicadas a informações críticas no passado.

Referiram os investigadores apontando que se alguém descarregar este conteúdo, mesmo desconhecendo o que “traz agarrado” poderá ter graves problemas com a justiça.

Os investigadores referiram também que esta tecnologia serve para atentar sobre as regras dum país, serve para propagar malware e para diversos outros fins ilícitos.

Fonte: Pplware

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.