As mensagens extraterrestres podem acabar com a vida na Terra

Radiotelescópios do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Habitantes de outros planetas podem enviar mensagens “contaminadas” para “hackear” os meios de comunicações humanos, de acordo com adverte um estudo dos astrofísicos norte-americanos Michael Hippke e John Learned.

Os extraterrestres podem nem precisar duma frota de poderosas naves de batalha interestelares para destruir o nosso planeta, adverte uma equipa de cientistas norte-americanos. De acordo com Michael Hippke e John G. Learned , se a Humanidade receber uma mensagem extraterrestre, a última coisa que deve fazer é… tentar ler ou decifra-la.

O problema, notam estes cientistas, é que a Humanidade passou as últimas décadas não simplesmente a vasculhar os céus à procura de indícios de vida extraterrestre, como também a enviar para além do Sistema Solar mensagens de boas vindas a qualquer alien que nelas tropece.

Projetos como o SETI – Busca por Inteligência Extraterrestre, da NASA, têm por objetivo pesquisar vida noutros planetas através do utilização de antenas e PCs avançados que analisam indícios eletromagnéticos de origem extraterrestre.

Mais ainda, os astrónomos do SETI criaram também o METI, Messaging Extraterrestrial Intelligence, e em setembro enviaram uma mensagem para o espaço, sob a forma de ondas de rádio,  à espera que os ETs nos descubram – e decidam entrar em contacto.

E isso, dizem os cientistas, pode ser um perigo para a Humanidade.

Em consonância com o estudo de Hippke e Learned, publicado este mês no repositório arXiv, os extraterrestres podem enviar mensagens com código malicioso e contaminar os nossos sistemas de comunicações.

Este tipo de indícios, sustentam os dois astrofísicos, deveria ser analisado e decifrado em papel – caso em que uma mensagem extraterrestre não prejudicaria os sistemas informáticos do nosso planeta. Contudo, se se tratar de código mais complexo , não haverá forma do decifrar recorrer a PCs.

De acordo com Hippke e Learned, projetos como o SETI e os PCs privados a ele ligados correm o perigo de ser infetados por um “trojan” ou um “malware” , que podia dar a um “hacker” à escala planetária acesso a dados privados e a sistemas operativos.

Mas tentar decifrar mensagens extraterrestres não é simplesmente um perigo aos sistemas informáticos. O próprio conteúdo da mensagem pode dispor em perigo a Humanidade. Por exemplo, dizem os cientistas, a mensagem pode conter uma ameaça do género “daqui a 24 horas vamos transformar o Sol numa Supernova “, e lançar o caos na Terra.

Os cientistas argumentam ainda que seria muito difícil “descontaminar” as mensagens provenientes do espaço. “ Seremos confrontados com duas opções : destruir qualquer mensagem extraterrestre que nos chegue, ou assumir o perigo da ler”, concluem os investigadores.

Não bastava já ter que solucionar o dilema de abrir ou não um email de alguém que envia em anexo “as fotografias do tempo maravilhoso que passámos naquela praia nas Caraíbas”?

Fonte: ZAP

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.