Aplicação previu terramoto antes de atingir a Califórnia

Alguns utilizadores em Los Angeles sabiam que um terramoto ia atingir a Califórnia na quinta-feira antes mesmo de este acontecer.

Os utilizadores da aplicação beta Quake Alert receberam nos seus smartphones um alerta de 30 segundos antes do tremor ter acontecido , às 12:29 da tarde. O terramoto de magnitude 5,3 atingiu cerca de 61 quilómetros da costa da Califórnia na quinta-feira, em consonância com o Serviço Geológico dos EUA (USGS).

“Este foi o primeiro terramoto que senti desde que tive instalei a aplicação”, afirmou Alissa Walker, editora do blog imobiliário Curbed. “Tive 34 segundos de alerta – tempo suficiente para me descarregar, cobrir e proteger – que teria criado se soubesse que o tremor ia ser forte”.

A aplicação funciona graças a uma rede de sensores sísmicos que detetam ondas P – a primeira energia que irradia dum terramoto, em consonância com a Early Warning Labs, empresa de Santa Mónica que trabalha com o USGS em sistemas de alerta antecipado. Os sensores sísmicos também detetam a localização e a magnitude do terramoto .

That was the first earthquake I’ve felt since I got access to the @EarlyWarningLab beta app. I had 34 seconds warning—enough equipa to drop, cover, and hold on, which I would have done if I knew shaking was going to be strong. pic.twitter.com/Bx4Sn2imUW

— Alissa Walker (@awalkerinLA) April 5, 2018

Quando as ondas P longitudinais – abreviatura de ondas de pressão – são detetadas, a aplicação envia um alerta – que é emitido antes da chegada da onda S, ou onda de cisalhamento, mais potente e que normalmente causa o maior dano.

Os avisos também são enviados a empregados públicos locais e estaduais de resposta a emergências, a infraestruturas como linhas de gás, sistemas de metro e usinas elétricas, a organizações privadas e ao público, explica o Early Warning Labs.

Sistemas de alerta antecipado para terramotos já foram implementados noutros países, incluindo o Japão, Taiwan e México . de facto, as pessoas no México tiveram um alerta de 60 segundos antes do terramoto de magnitude 8,1 que atingiu o país a 8 de setembro de 2017, diz a Curbed Los Angeles.

Mesmo que seja simplesmente alguns segundos, o alerta pode dar tempo às pessoas para se baixarem, taparem e segurarem antes que o terramoto aconteça. Também pode avisar as pessoas que operam veículos ou equipamentos pesados, permitindo-lhes desacelerar e parar, especialmente se estão prestes a conduzir num viaduto, túnel ou ponte.

Além disso, a advertência pode dar aos trabalhadores dos serviços de emergência, incluindo os bombeiros, tempo suficiente para abrir as portas dos quartéis .

Durante o terramoto de Northridge em 1994, “os carros de bombeiros na região não conseguiram sair, e os que estavam livres andavam de quartel em quartel a disponibilizar os restantes camiões em vez de responder às chamadas “, conta Chase Rief, da Quake Alert, ao Curbed Los Angeles.

Os utilizadores podem inscrever-se para testar a versão beta do Quake Alert aqui, mas esta não é a única aplicação de alerta de terramotos. Por exemplo o MyShake usa o acelerómetro dos smartphones para captar e interpretar a atividade sísmica e avisar os utilizadores em tempo real.

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.