Adolescentes usam Facebook Live para sexo em directo

facebook live streamA internet possui uma máxima um tanto ou quanto curiosa: para tudo o que existe há uma versão porno. É a velha Regra 34 que o pessoal comenta em fóruns e sites, mas que parece mais actual do que nunca.

Afinal, parece que essa “lei” também passou a abranger serviços, mostrando assim que as pessoas conseguiram inserir sexo até mesmo em plataformas onde a prática não é o foco principal. É o caso do Facebook Live, a ferramenta criada pela rede social para a transmissão de vídeos em directo que se transformou numa maneira de mostrar ao mundo cenas de sexo em tempo real.

A prova disso veio dos Estados Unidos. De acordo com o CNET, um grupo de adolescentes decidiu aproveitar-se do recurso para apimentar o feed de notícias dos seus amigos. O problema é que a brincadeira tornou-se num caso de polícia, que emitiu um mandado de busca para obter todas as informações possíveis sobre essas transmissões indevidas e os envolvidos nelas.

Parece brincadeira, mas é algo bastante sério, já que o caso envolve menores de idade. De acordo com o site, o caso ocorreu na Escola Barack Obama, na cidade norte-americana de Milwaukee, e envolveu duas garotas e um menino com idades entre 14 e 15 anos. A partir disso já é possível imaginar o tamanho do problema, certo?

facebook-live-sexTanto que nem a policia e nem o Facebook fizeram qualquer comentário sobre o ocorrido para evitar que a identidade dos envolvidos fosse exposta e também para evitar que o caso ganhe mais notoriedade. Por outro lado, a Escola Barack Obama emitiu uma nota ao canal de TV CBS, na qual diz que ficou ciente do vídeo em janeiro e, mesmo com o conteúdo tendo sido gravado fora do campus, a instituição notificou imediatamente as autoridades e colabora com as investigações. O colégio disse também ter aplicado acções disciplinares aos envolvidos.

A empresa de Mark Zuckerberg limitou-se a dizer que não comenta casos isolados e que luta para fazer com que o Facebook Live seja um espaço seguro para pessoas de todas as idades. Para isso, o serviço conta com um sistema de denúncia para que os próprios utilizadores possam informar quando alguém está a desrespeitar as regras e a apresentar algum conteúdo indevido.

E, como aponta o próprio CNET, adolescentes sempre fizeram coisas estúpidas — a diferença é que a tecnologia só deixou isso mais fácil.

Via: CNET

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos

RECEBER GRÁTIS:

Como gostaria de receber mais informação do Informatico.pt?

Pode cancelar quando quiser clicando no link que aparece no rodapé dos e-mails.

DEIXAR COMENTÁRIO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.
Whatsapp Viber Telegram Ligar Agora Skype Enviar SMS
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on email
Share on linkedin

Formulário Agendamento

assistencia ao domicilio

Formulário Contato

formulario de contato