A tecnologia na intervenção precoce do autismo

Time for tech to help kids with autism

Sempre que brincam com a diminuição caricata da nossa profissão, eu lembro que a criatividade pode mudar o mundo, se direcionada para o que realmente importa e em “Health” isso fica ainda mais evidente. Na programação do SXSW, diversas palestras abordam o tema, como no caso do uso da tecnologia na intervenção precoce do autismo.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o TEA (Transtorno do Espectro Autista) afeta uma em cada 160 crianças no mundo. Trata-se de um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, que se caracterizam pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos, em maior ou menor grau.

O autismo não tem cura, mas o que pouca gente sabe é que se o transtorno for diagnosticado precocemente e a criança passar a ser estimulada antes dos 3 anos de idade, a chance dela desenvolver habilidades sociais saltam para 80%, o que representa mais autonomia para ela e toda sua família.

Se a tecnologia já atrai os olhares curiosos das crianças, nas que apresentam tal condição o entusiasmo é redobrado, pela fixação nas cores, formas, movimentos e sons. E é neste cenário que ela desperta, envolve e o melhor: desenvolve as habilidades.

Separei duas soluções que vi sobre o tema, para compartilhar com vocês. A primeira delas é o OOLY,  um app baseado em pesquisas científicas sobre a luz e seu impacto no sono, realizado pela NASA, Harvard Medical School e National Institutes of Health, que ajuda crianças a relaxarem e terem noites mais tranquilas. Espie:

Autismo - How Ooly works

A segunda é o Holli – um app fantástico a ser usado junto com o Google Glass, que ajuda a criança a conversar, ao identificar o assunto e oferecer respostas adequadas a serem verbalizadas, na tela do wearable. Confira:

autismo

O fato é que cada criança requer uma intervenção diferente e estímulos corretos podem diminuir suas crises de ansiedade, por estarem mais preparadas. Assim conseguem canalizar suas habilidades, que costumam ser muitas.

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[5 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.