37% das PMES portuguesas cresceram em 2010

A Sage, líder mundial no desenvolvimento de software de gestão, realizou, pelo segundo ano consecutivo, o inquérito “Radiografia das PMEs em Portugal”, com o objectivo de analisar o estado do mercado nacional e identificar as características das empresas que, apesar do clima económico difícil, conseguiram crescer – as chamadas empresas “Edelweiss”.

Estudo identifica empresas “Edelweiss” – empresas que cresceram apesar da actual crise económica
Um terço destas empresas prevê um aumento do seu volume de negócios;
Motivação dos colaboradores e Inovação são apontadas como os principais factores de crescimento por todas as empresas inquiridas

De acordo com o estudo Sage “Radiografia das PMEs em Portugal”, 37% das empresas inquiridas são empresas “Edelweiss”. Em termos de classificação, 67% das empresas Edelweiss têm até 10 colaboradores e os sectores mais representados são os Serviços a empresas (26%), o comércio (22%) e as Tecnologias de Informação (17%). Geograficamente, 33% destas empresas estão em Lisboa e 23% no Porto.

A estratégia competitiva de 27% das empresas Edelweiss passa pela aposta em produtos/serviços de maior qualidade, sendo amotivação dos colaboradores apontada como o principal factor no desenvolvimento da estratégia de crescimento (pontuação de 8,73 em 10), seguido pela Inovação (8,60). Para as empresas Edelweiss também é um bom momento para investir em Inovação (65%), Formação (74%) e Tecnologias de Informação (66%).

De uma forma geral, as empresas Edelweiss estão mais confiantes do que a generalidade das empresas, com 35% a preverem um aumento do volume de negócios.

Para Jorge Santos Carneiro, CEO da Sage Portugal, “é muito importante conhecer a realidade das empresas que fazem parte do tecido empresarial português e descobrir que algumas estão a ter sucesso apesar do actual contexto económico. Verificámos neste estudo que o optimismo é determinante para superar as adversidades, pelo que todas as empresas, independentemente do seu sector de actividade ou dimensão, devem tentar encontrar oportunidades de crescimento e progressão apesar da crise económica que o país atravessa.”

Conclusões globais do estudo
Sage “Radiografia das PMEs em Portugal”

Fazer download do documento completo…

Apesar destes exemplos de sucesso, a “Radiografia das PMEs em Portugal” revela que 35% das empresas inquiridas decresceram em 2010. 36% afirmaram ter recebido financiamento por parte de entidades financeiras.

Para fazer face à crise, 28% das empresas apostaram numa estratégia orientada para Produtos/Serviços de maior qualidade, enquanto 22% estão focadas no cliente. A abertura de novos mercados foi a estratégia seguida por 10% das empresas. A motivação dos colaboradores é considerada um dos factores de maior importância para o desenvolvimento de uma estratégia de crescimento.

Dado o actual contexto económico, cerca de 30% das PME inquiridas acredita que a facturação do seu negócio vai piorar enquanto 37% consideram que esta se manterá face a 2010.

O investimento em inovação (56%), em formação (68%) e em Tecnologias de Informação (60%) é considerado oportuno pelas empresas inquiridas. No que concerne à contratação de pessoal, para 87% das PME é um mau momento para o fazer.

O estudo foi realizado através de inquérito online enviado por email, divulgado no site institucional da Sage e nas redes sociais, entre os dias 14 de Abril e 4 de Maio. A amostra foi de cerca 550 empresas, de Portugal Continental e Ilhas, com um nível de confiança de 95%.
Download dos resultados

Fazer aqui download do documento completo…

Fonte: Sage

António Almeida

António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Inscreva-se e Receba Grátis:

  • Últimas Notícias sobre Tecnologia
  • Promoções de produtos e serviços
  • Ofertas e Sorteios de equipamentos
Avaliar Artigo:
[0 Estrelas]

DEIXAR COMENTÁRIO:

0 thoughts on “37% das PMES portuguesas cresceram em 2010”

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AVISO:

Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de carácter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Categorias:

PROBLEMAS INFORMÁTICOS?
Escolha aqui um serviço!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização. Pode consultar mais informação no Centro de Privacidade.