Qual o significado das siglas TI, IT e CI

Como diria  Tomanik (2004) “as palavras servem para nomear as coisas de forma resumida…”. Então, se as palavras são formas resumidas, o que são as siglas?

Apesar de nalguns momentos nos facilitarem a vida noutros confundem e atrapalham.
Então vamos lá ver como funciona:

TI é importante, mas não sem CI para gerar IT, que no contexto da CI é analisada, a partir da NI do consulente. Em suma, de nada adianta a TI sem as CI.

 

Entenderam? Acho que me confundi todo.

 

E podemos ir mais além. GI e GC (gestão da informação e gestão do conhecimento, respectivamente) são termos em voga e assim é a vida acadêmica, dita moda e muitos adotam, mas o que alguns esquecem é que o contexto muda conforme o corpo, uma modelo magérrima não é o mesmo de um corpo robusto, e de tal forma as empresas adotam essas siglas e muitas vezes se limitam a usar termos imponentes ou estrangeirismos e achar que isso é conhecimento ou diferencial para competitividade, aliado é claro, ao uso intensivo de TIC’s (olha aí mais uma sigla).

 

Davenport (1998) é categórico ao afirmar que “apesar dos triliões gastos em tecnologia de informação com objetivos comerciais, a tecnologia parece incapaz, por si só, de fornecer as informações necessárias para a execução e a administração de negócios.”

 

Ressaltando informação e conhecimento são criações essencialmente humanas e que nunca seremos capazes de administrá-los sem que levemos em conta o papel fundamental desempenhado pelas pessoas.

 

E a Ciência da Informação (aqui não usamos sigla, uma vez que a ciência preza pela precisão e clareza) com tantas características, em especial interdisciplinar, tem como objeto a informação, que é diretamente fruto do caráter criativo do homem. Então retomamos ao proposto:

 

TI (tecnologia da informação) é importante, mas não sem CI (capital intelectual) para gerar IT (informação tecnológica), que no contexto da CI (Ciência da Informação) é analisada, a partir da NI (necessidade de informação) do consulente. Em suma, de nada adianta a TI sem CI.

 

Agora sim… Acredito que uma imagem valha mais que mil palavras, mas tenho as minhas dúvidas quanto às siglas, não concordam?

 

Avaliação Geral:
Minha Avaliação:
[0 Estrelas]

O Informatico:


António Almeida

Licenciado em engenharia Informático e Telecomunicações, mestre em Sistemas e Tecnologias de Informação e doutorando em Informática é um apaixonado por todo o tipo de tecnologia. Apostava na troca de informações e acaba de criar uma rede de informáticos especialistas interessados em tecnologia.



Newsletter:

newsletter


Gostou deste artigo?


Então não perca os próximos.


Receba-os semanalmente.


Todas as novidades Grátis.





Subscreva Já!


Comentários:

avatar
  Subscribe  
Notificar-me:
empresa
Anónimo

Excelente artigo. Normalmente estes assuntos confundem muito o publico em geral e raramente se encontra alguem que entende verdadeiramente a diferença. Excelente conteúdo informativo.